urso

Desenvolvimento do bebê – 8 meses

Mamãe, você tem a sensação de que o tempo está indo rápido demais? É assim mesmo, quando estamos grávidas parece que leva uma eternidade para o bebê nascer, mas depois o tempo voa.

Observar as conquistas e desenvolvimento dos pequenos é algo surreal e deslumbrante, não é mesmo?

Chegamos ao 8º mês de vida do seu bebê e muitas coisas aconteceram até aqui! Agora a introdução alimentar já está mais “tranquila” e estruturada ufa! Você pode notar que seu bebê já segura os alimentos com mais facilidade, fazendo o movimento de pinça com os dedos.

Esse movimento faz parte da coordenação motora fina, caso deseje esse é um ótimo momento para incluir os talheres, lembrando que deve dar preferência para os de silicone, que são macios e maleáveis.

Referente aos alimentos, pode ser que seu bebê demonstre preferência por alguns, mas é importante ofertar todos. Afinal, até os dois anos o seu paladar está sendo formado e isso se refletirá no resto de sua vida.

Com o corpo mais firme, já consegue se levantar segurando em algo e fica de pé. Já se senta com total firmeza e autonomia, segura objetos e brinquedos com facilidade e passa de uma mão para outra.

Adora jogá-los no chão, eles acham esse movimento interessante, estão descobrindo a lei da gravidade.

Chegou o tão esperado momento, a maioria dos bebês começam engatinhar esse mês! Lembrando que nem todas as crianças irão engatinhar de forma tradicional, na posição de quatro apoios.

E pode ser mamãe que seu bebê demore mais algumas semanas para começar a engatinhar, faz parte cada criança tem seu tempo.

A curiosidade reina! Ele se tornará um verdadeiro explorador abrindo portas e gavetas, com isso é importante tomar cuidado com possíveis acidentes, travas, alças de seguranças e protetores de silicone são bem-vindos.

Mês passado falamos sobre a angústia da separação, ela pode se estender por esse mês, caso sua criança já tenha entrado. Para alguns bebês essa fase pode se iniciar só agora.

 Você irá notar que ele não gosta de ficar sozinho, vale lembrar que faz parte do desenvolvimento psíquico e cognitivo, esse é um movimento natural e esperado.

A linguagem e comunicação continuam a se desenvolver, ele começa entender melhor o que os pais falam. Aproveite para ler, cantar e ensinar novas palavras simples ou sílabas.

Sobre o sono, agora é normal que durante a noite ele durma por mais tempo. Podendo chegar a 9 horas, porém as sonecas podem diminuir de 3 para 2, caso isso aconteça está dentro do esperado.

Também pode ocorrer despertares confusionais, o bebê pode acordar bem agitado e chorando bastante. Faz parte do 6º salto de desenvolvimento que ele passará agora, acolha e o acalme. A tendência é que tudo se normalize no fim do salto.

Aos poucos seu bebê vinha demonstrando sua personalidade e suas emoções. Esse mês isso ficará mais evidente! Além de demonstrar cada vez mais, ele irá fazer gestos para despertar as suas emoções, como bater palmas, mandar beijo e dar tchau.

Que tal estimular ainda mais o desenvolvimento do seu bebê?

  • Ofereça brinquedos com formas tamanhos, texturas diferentes e funções diferentes. Isso ajuda no desenvolvimento intelectual e sensorial.
  • Brinquedos de montar e encaixar, estimulam e melhoram a coordenação motora fina.
  • Leia livros, dê preferências para os coloridos e que tenham texturas.
  • Deixe seu bebê bastante no chão, além de evitar quedas, ele poderá se locomover.
  • Converse e ensine novas palavras, pode ser em sílabas ou palavras simples.
  • Introduza talheres durante a alimentação, dê preferência para os de silicone.

Quando ligar o sinal de alerta?

  • Se não senta sozinho.
  • Não mantém contato visual, quando você fala com ele.
  • Não tem firmeza nos braços e nas pernas.
  • Não emite sons em sílabas.
  • Não responde quando chamado pelo nome.
  • Não demonstra interesse por brinquedos e objetos.
  • Não demonstra emoções.

Mamãe é muito importante comunicar ao pediatra, caso note algum sinal de atraso no desenvolvimento do seu bebê. É certo que cada criança possui seu tempo, umas irão atingir os marcos dentro do esperado e outra um pouco depois. Porém os marcos de desenvolvimento não devem ser ignorados.

Em caso de bebê prematuro é importante levar em consideração a idade corrigida.

Até a próxima, grande abraço.

Dra kelly Oliveira.

Comentários do Facebook
× Agende sua consulta!