urso

ATUALIZAÇÃO SOBRE A VACINA ASTRAZENECA!

🚨ATUALIZAÇÃO SOBRE A VACINA ASTRAZENECA PARA GESTANTES🚨

Dia 10 de maio foi divulgada uma nota técnica da Anvisa recomendando a suspensão imediata da aplicação da vacina AstraZeneca (Oxford) em gestantes. O motivo da suspensão foi devido a um caso em gestante que desenvolveu trombose após a vacinação e veio a óbito.

Ainda estão apurando mais informações do caso.

É importante ressaltar que ainda estão investigando a relação entre causa (vacina) e efeito (trombose), por isso a precaução da ANVISA em relação a essa vacina. Na Europa foram notificados 86 casos para 9 milhões de doses, sendo considerado um evento raríssimo. É importante ressaltar que o COVID-19 em gestantes pode ter complicações sérias com risco aumentado de eventos como trombose, prematuridade e óbito, tendo sido registrados já 979 mortes em gestantes no Brasil.

Portanto, considero que deve ser pesado risco benefício em relação à aplicação da vacina, exposição da gestante, profissões de risco como profissionais da saúde e comorbidades. A decisão deverá ser tomada juntamente com seu médico considerando SEMPRE os riscos benefícios da doença.

Agora, separei algumas das principais dúvidas das gestantes que tomaram a primeira dose da vacina AstraZeneca antes dessa suspensão:

😷Gestantes que receberam a primeira dose da vacina, devem receber a segunda?

O Ministério da Saúde informou que as gestantes e puérperas que tomaram a primeira dose da vacina Covid-19 da AstraZeneca aguardem o fim da gestação e do período puerpério (até 45 dias pós-parto) para tomar a segunda dose.

😷E em caso de alguma reação após a primeira dose?

A recomendação é que procurem uma unidade de saúde caso tenham alguma reação adversa entre 4 e 28 dias após receber a dose.

Entre os sintomas preocupantes que podem necessitar de atendimento médico estão:

👉🏻falta de ar
👉🏻dor no peito
👉🏻inchaço na perna
👉🏻dor abdominal persistente
👉🏻dor de cabeça persistente
👉🏻dificuldade na fala ou sonolência
👉🏻pequenas manchas avermelhadas no local em que foi aplicada a vacina

😷O que mudou nas recomendações de vacinação, então?

Foi determinada que a vacinação de grávidas e de puérperas deve ser restrita somente às mulheres com comorbidades, e elas devem receber apenas as vacinas CoronaVac e Pfizer até que os estudos sobre a AstraZeneca sejam concluídos.

E, ainda assim, mantendo a recomendação anterior de tomar a vacina após conversar com seu médico para tomar uma decisão consciente.

Não esqueça de se inscrever no canal do youtube da Pediatria Descomplicada! 

Para ter acesso a conteúdos exclusivos, do Pediatria Descomplicada, junte-se ao grupo do Telegram através do link: https://bit.ly/30iJTkW

Para seguir o blog e receber as novidades por e-mail, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga no Instagram(@pediatriadescomplicada, clique no canto superior direito “ativar notificações de publicação”).

Dra Kelly Marques Oliveira

CRM 145039

Consultório particular em São Paulo: (11) 5579-9090

Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o “ver primeiro”, para receber aviso dos posts novos) e Instagram (@pediatriadescomplicada, clique no canto superior direito “ativar notificações de publicação”).

Comentários do Facebook