fbpx

urso

Sono, telas e desenvolvimento: A relação que não te contam

Sono e desenvolvimento andam de mãos dadas, entrelaçadas e praticamente atadas. Não é exagero falar que “quem não dorme, não cresce”, afinal o sono está diretamente ligado a liberação do hormônio do crescimento, a um melhor funcionamento do organismo, fortalecimento da imunidade, maior assimilação do que foi aprendido durante o dia e muito mais.

O sono do bebê funciona de forma diferente, com diferentes ciclos e padrões. Acordar no meio da noite algumas vezes para mamar é mais do que esperado, não deve ser surpresa para os pais (apesar de ser bem cansativo). Porém esse sono, mesmo com suas interrupções, é essencial pois é durante esse momento de descanso que o corpo do bebê ou da criança faz a maior liberação do GH, o hormônio responsável pelo crescimento e regulação do metabolismo. O pico de liberação ocorre no estágio de sono profundo, aproximadamente as 23h00 e as 02h00, ou seja, não apenas a qualidade do sono e a quantidade de horas influencia, mas também o horário que o pequeno vai dormir.

Além disso, é durante esse momento que o corpo do bebê vai realmente assimilar tudo aquilo que foi mostrado e aprendido naquele dia. Todas as novas habilidades aprendidas como falar, engatinhar, pegar, caminhar, dançar, comer sozinhos são reforçadas e relembradas durante o sono, “fixando-se” no cérebro do bebê para que ele não se esqueça e possa exercer aquela atividade novamente no dia seguinte. Bebês e crianças que possuem uma rotina de sono bem estabelecida apresentam melhora na atenção, memória, comportamento, aprendizagem e controle emocional!

E o que o uso de telas tem a ver, Dra?

Bem, o uso de telas na infância deve ser feito com muita cautela. Não apenas em relação ao conteúdo, mas também (e principalmente) em relação a quantidade de tempo de exposição. Excesso de tempo gasto diante das telas pode atrapalhar o desenvolvimento e aprendizado do pequeno, além de influenciar seu sono.

A luz emitida pelas telas dos dispositivos bloqueia a liberação da melatonina, o hormônio responsável por “avisar” ao corpo que está na hora de dormir. Isso afeta diretamente o relógio biológico e a percepção do cérebro do que é noite ou dia, prejudicando na qualidade do sono, e, no caso de crianças, afetando diretamente seu crescimento e desenvolvimento.

É muito importante seguir as recomendações do uso de telas para crianças (você pode acessar essas recomendações clicando AQUI) e, se possível, preferir não fazer o uso das telas na infância, principalmente próximo a hora de dormir.

Então se você tem notado que seu filho tem sentido sono cada vez mais tarde, se encontra mais disperso durante o dia, com dificuldade de aprendizado e até lentidão no crescimento, pode ter relação com o sono sim! O ideal é consultar o pediatra para fazer um checkup geral e confirmar se o problema é somente esse, porém você pode (e deve!) tomar algumas atitudes realmente EFETIVAS para melhorar o sono de seu filho e, consequentemente, contribuir para seu desenvolvimento e crescimento.

  • Deixando os aparelhos eletrônicos de lado: é difícil, eu sei, muitas vezes eles são o refúgio, a “babá” por alguns minutos ou horas em que precisamos fazer outra coisa ou apenas queremos descansar, mas quais benefícios isso vai trazer para seu filho? Vale a pena essa exposição, que pode atrapalhar o sono e o desenvolvimento de seu bebê? Vale a reflexão e, é claro, a escolha dos pais. Se optar por fazer o uso das telas, é importante não exagerar. Ao invés de celular, tablet, TV ou vídeo game, por que não um livro interativo? Um painel sensorial ou brinquedo de encaixar? Uma folha em branco e giz de cera?
  • Criar uma rotina não é mais uma dica milagrosa, todos sabemos que isso é importante e necessário, mas que tal realmente criar uma rotina? Fazer uma tabelinha, um quadro interativo em casa com horários pré-estabelecidos e tentar segui-los? Se não der certo para o dia todo, você pode tentar para a hora de dormir do bebê, começando pelo tetê do entardecer, a hora do banho, a hora de relaxar no quarto e até a hora de dormir. Seguir essa rotina todos os dias pode ajudar bastante. Nessa rotina, você pode encaixar todo o passo a passo da HIGIENE DO SONO praticada na sua casa.
  • Shantala: ingrediente de ouro da higiene do sono, a shantala é uma massagem especial para ajudar a acalmar o bebê, induzindo o relaxamento e, consequentemente, o sono. Não sabe como fazer a shantala? Acesse AQUI o passo a passo que fiz.
  • Ruído branco e shushing: o shushing funciona melhor com os recém-nascidos pois remete ao barulhinho que era escutado dentro do útero, aquele chiado constante que o acalmava e embalava, mas pode ser reproduzido pela mãe com um chiado feito pela boca mesmo. O ruído branco funciona em qualquer idade, até com adultos! Se trata de uma música ou som suave, feito especialmente com a intenção de acalmar e relaxar a mente e o corpo, induzindo a leveza e o sono.
  • Cama compartilhada ou berço acoplado: a cama compartilhada tem mil e um riscos e benefícios, mas para algumas famílias é a solução para manter o bebê próximo, facilitando o amparo nos despertares noturnos. Claro, deve ser feita com todo cuidado (veja AQUI algumas dicas)! E você pode sempre optar pelo berço acoplado a cama para também se manter por perto e de olho.
  • Colo de monte, carinho de monte: se o bebê dorme bem eu sem colo, enquanto mama, e isso não te incomoda ou atrapalha, continue! Esse contato pele a pele é ótimo para o soninho e relaxamento do bebê.
  • Fique de olho nas sonecas da tarde: quanto maior for seu filho, menores deverão ser as sonecas da tarde. Sono demais de dia pode influenciar o sono noturno!

Se o pequeno já se alimenta com coisas sólidas e não somente leite materno, não ofereça alimentos pesados ou açucarados próximo da hora de dormir (e se ele for menor de 2 anos, não ofereça em momento algum).

 

Não esqueça de se inscrever no canal do youtube da Pediatria Descomplicada! 

Para ter acesso a conteúdos exclusivos, do Pediatria Descomplicada, junte-se ao grupo do Telegram através do link: https://bit.ly/30iJTkW

Para seguir o blog e receber as novidades por e-mail, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga no Instagram(@pediatriadescomplicada, clique no canto superior direito “ativar notificações de publicação”).

Dra Kelly Marques Oliveira

CRM 145039

Consultório particular em São Paulo: (11) 5579-9090

Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o “ver primeiro”, para receber aviso dos posts novos) e Instagram (@pediatriadescomplicada, clique no canto superior direito “ativar notificações de publicação”).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja muito bem-vindo!
Quer receber Nossa newsletter coloque seu melhor email

(Não se preocupe, somos contra spam)