fbpx

urso

SAIU NA MÍDIA: Amamentação em tempos de coronavírus – e os desafios enfrentados pelas mães

Vim compartilhar com vocês essa reportagem que tive o prazer de participar! Em tempos de COVID-19, toda ajuda aos pais é bem vinda, e me sinto feliz em trazer a entrevista para meus seguidores, familiares, amigos e pacientes. Confira abaixo!

 

Linha fina: Médica explica por que o aleitamento pode ser mantido e reflete sobre as dificuldades encaradas pelas mulheres nesse período de pandemia 

O novo coronavírus nos colocou em uma nova realidade que, até então, não podia ser imaginada. Com ela, trouxe inúmeras dúvidas, inseguranças, desafios e dificuldades, inclusive em relação ao aleitamento materno.

Por isso, através desse texto – que dedico a todas as mães aí do outro lado da tela –, meu papel como pediatra e consultora internacional de amamentação (IBCLC) é descomplicar a amamentação em tempos de pandemia. Vamos lá?

Por que amamentar é tão importante?

Esse ato vai muito além de simplesmente alimentar o bebê e seus benefícios serão refletidos pela vida inteira – são tantos que não seria possível listá-los em um só texto!

Amamentar ajuda, por exemplo, no desenvolvimento adequado da criança e na prevenção de inúmeras doenças (atuais e futuras). Além disso, ameniza possíveis riscos tanto para a mãe quanto para o bebê. Dessa forma, a amamentação deve ser incentivada mesmo durante a pandemia.

Mas há uma dúvida muito recorrente: será que a mãe com suspeita de Covid-19 ou com a doença confirmada pode amamentar?

Estudos recentes revelam que o vírus não é transmitido para o bebê através do leite (caso a mãe esteja infectada). Portanto, com os devidos cuidados para a prevenção, a amamentação não só pode, como deve ser mantida.

O Ministério da Saúde aponta que, em todos os contextos socioeconômicos, o aleitamento materno melhora as chances de sobrevivência e, como não existem evidências científicas que indiquem a transmissão do vírus por meio da amamentação, não existe razão para evitar ou interrompê-la.

Quais cuidados devem ser tomados?

Se a mãe apresenta ou não Covid-19, eles devem ser os mesmos, ou seja: lavagem das mãos antes de entrar em contato com o bebê e o uso de máscara cirúrgica durante os cuidados com a criança e a amamentação (o acessório deve ser descartado após o uso).

Deve-se manter uma higienização adequada e restrição de visitas até para proteger contra infecções por outros vírus, como influenza.

Mesmo em casos de infecção pelo Sars-CoV-2, o Ministério da Saúde recomenda que…

Ficou curioso para ler a reportagem completa? Acesse o texto na íntegra direto no portal da VEJA SAÚDE! Confira por aqui: 

Não esqueça de se inscrever no canal do youtube da Pediatria Descomplicada, acesse:

Para ter acesso a conteúdos exclusivos, do Pediatria Descomplicada, junte-se ao grupo do Telegram através do link: https://bit.ly/30iJTkW

Para seguir o blog e receber as novidades por e-mail, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga no Instagram(@pediatriadescomplicada, clique no canto superior direito “ativar notificações de publicação”).

Dra Kelly Marques Oliveira

CRM 145039

Consultório particular em São Paulo: (11) 5579-9090

Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o “ver primeiro”, para receber aviso dos posts novos) e Instagram (@pediatriadescomplicada, clique no canto superior direito “ativar notificações de publicação”).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja muito bem-vindo!
Quer receber Nossa newsletter coloque seu melhor email

(Não se preocupe, somos contra spam)