fbpx

urso

ESTUDO: Amamentação nas primeiras horas de vida protege contra o uso de chupeta

FOTO POR: @monetnicolebirths

Chupeta, e agora devo usar ou não? Vamos entender esse assunto um tanto quanto polêmico? Vem comigo!

Hoje trouxe um estudo muito interessante feito aqui no Brasil sobre os fatores de risco para o uso de chupeta no primeiro ano de vida do bebê e a relação da amamentação nas primeiras horas de vida para a prevenção do uso da chupeta.

Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), recomenda-se que os pais ou responsáveis tenham uma visão clara e baseada em evidências dos “prós e contras” do uso de chupeta, para que, junto ao seu pediatra, possam tomar uma decisão sobre oferecê-la ou não aos seus filhos. Mas é fato: crianças que usam chupeta mamam por menos tempo.

Para o estudo, foram coletados dados antropométricos (peso, altura, circunferências do corpo e dobras cutâneas) de cerca de 1.150 bebês logo após seu nascimento. Após 6 meses, foram coletados dados de 619 desses bebês sobre suas práticas de amamentação e sobre o uso de chupeta. Após 12 meses, foram coletados os mesmos dados das 532 crianças restantes.

E o resultado? A incidência de uso de chupeta no primeiro ano de vida ocorreu em 60% dos casos examinados. A análise revela que bebês que foram amamentados nos primeiros 30 minutos após o nascimento, tiveram um risco 25% menor de usar chupeta no primeiro ano de vida. Já aqueles que foram alimentados entre 30 minutos e 6 horas após o nascimento, tiveram um risco 18% menor em comparação com aqueles que não foram amamentados ou demoraram mais do que este período para serem amamentados.

Outro ponto interessante que foi mostrado no estudo é que, de acordo com os resultados, o risco do uso de chupeta no primeiro ano de vida é 33% maior quando a mãe tinha menos de 18 anos de idade.

Analisando os resultados, é possível assumir que a constatação de que 6 em cada 10 crianças usavam chupeta no primeiro ano de vida é real. Esses dados ressaltam a importância da prevenção da chupeta, principalmente no primeiro ano de vida do bebê para garantir, entre outros pontos, a prevalência da amamentação até os 2 anos de vida.

E um dos achados mais importantes do estudo: o início do aleitamento materno nas primeiras horas de vida, especialmente nos primeiros 30 minutos de vida, é um fator de proteção para o aleitamento materno e contra o uso de chupeta!

Ah! Mas Dra. Kelly @pediatriadescomplicada, eu sempre usei chupeta, meu bebê não teve confusão de bicos, e foi ÓTIMO! Opinião pessoal é diferente de ciência, gente! Seu caso é seu, mas o que os estudos mostram é que realmente a chupeta pode atrapalhar a amamentação, levando à redução do tempo de mamada por dia, à confusão de bicos e ao desmame precoce!

Por isso gente, reforço aqui: cada escolha que fizermos, deve ser embasado em informações corretas, embasadas em ciência sempre! E que você possa fazer escolhas que vão nortear seu maternar e apoiar aquilo que você tem como mais importante! 

Quer ver o estudo na íntegra e como chegaram a estes resultados?

Acesse: https://www.liebertpub.com/doi/10.1089/bfm.2020.0054

 Já fiz alguns posts aqui no blog sobre o uso da chupeta! Confira alguns abaixo:

Não esqueça de se inscrever no canal do youtube da Pediatria Descomplicada, acesse:

Para ter acesso a conteúdos exclusivos, do Pediatria Descomplicada, junte-se ao grupo do Telegram através do link: https://bit.ly/30iJTkW

Para seguir o blog e receber as novidades por e-mail, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga no Instagram(@pediatriadescomplicada, clique no canto superior direito “ativar notificações de publicação”).

Dra Kelly Marques Oliveira

CRM 145039

Consultório particular em São Paulo: (11) 5579-9090

Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o “ver primeiro”, para receber aviso dos posts novos) e Instagram (@pediatriadescomplicada, clique no canto superior direito “ativar notificações de publicação”).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja muito bem-vindo!
Quer receber Nossa newsletter coloque seu melhor email

(Não se preocupe, somos contra spam)