fbpx

urso

Quanto tempo o bebê precisa mamar?

thumb3_junho16

No primeiro post sobre mitos da amamentação, conversamos um pouco sobre o mito de amamentar a cada 3 horas, porque ele existe e é tão arraigado, e como entender os sinais de que seu bebê quer mamar, além de falarmos muito sobre livre demanda.

Nesse post vamos conversar sobre outro mito da amamentação muito comum, que é estipular o tempo de uma mamada.

 Tempo de mamada, quanto tempo em cada peito?

Essa dúvida é extremamente comum entre as mamães, pois recebem informações (muitas vezes erradas) de quanto tempo tem que ficar em cada peito, pois o bebê precisa chegar no tal do leite posterior, ou senão o bebê vai mamar de menos, ou demais…

Uma palavra sobre o tal leite posterior…

O leite chamado de posterior nada mais é do que o leite rico em gordura, mais calórico, e que está presente no final da mamada. O leite anterior, por sua vez, é o leite inicial, mais rico em água, e importante para a hidratação do bebê. Infelizmente uma classificação simplista como essa não explica o que acontece com o leite DURANTE a mamada!

Não existe uma “chave” que muda o leite de anterior ou posterior, mas sim o que ocorre é que a gordura do leite aumenta de acordo com o esvaziamento da mama! E aí está o grande segredo!

Precisamos saber em PRIMEIRO lugar se o bebê está mamando bem, avaliando a pega e posição corretas, e além disso, avaliar se existe boa transferência do leite. Veja o post sobre como saber se o bebê está mamando bem.

Se houver boa transferência de leite, o bebê com certeza chegará no leite posterior, pois a mamada foi efetiva.

SEGUNDO, preste atenção nos sinais do seu bebê: Se ele está sugando, bons goles de leite, e ao final, um bebê feliz, que parece satisfeito, podemos dizer que a mamada foi boa. Se o bebê continua irritado, chora o tempo todo, suga os dedos com vontade e ainda assim não permanece no peito, algo está errado.

De nada adianta nos apegarmos ao tempo de mamada se não prestamos atenção se o bebê está mamando de fato. Existem dois extremos aqui: o bebê que mama por duas horas seguidas, e parece que nunca está satisfeito, e a mãe exausta, ou o bebê que mama por dois minutos e dorme, ou fica extremamente irritado. Nos dois casos, existem problemas.

Mas meu bebê demora muito tempo para mamar, o que devo fazer?

Se seu bebê parece muito sonolento, demora muito tempo para mamar (usualmente mais de uma hora e meia), você deve procurar ajuda. Geralmente há outros sinais associados que mostram também que há algo errado: o bebê não está com ganho de peso adequado, a mãe tem dor para amamentar, o bebê fica irritado o dia todo e dorme pouco, não parece satisfeito.

E se meu bebê mama 2 minutos e dorme, o que fazer? E bebês que brigam com o peito?

Provavelmente esse bebê não está mamando o quanto gostaria, e não parece satisfeito no peito. Pode ser dificuldade de transferência de leite devido a pega e posição incorretas, problemas relacionados ao bebê, como a língua presa, doença do refluxo gastroesofágico, imaturidade neurológica, e relacionados à mãe, por diminuição na produção de leite, seja por ansiedade, estresse, dor, pega errada ou uso de complemento (fórmula infantil).

Tanto o bebê que demora 2 horas para mamar, como o bebê que mama por pouco tempo estão com dificuldades para mamar. Se você estiver passando por isso, procure ajuda!

Mas, voltando à pergunta inicial: Quanto tempo devo estipular por mamada?

Bem, como você viu, essa não é uma pergunta fácil. Bebês recém-nascidos demoram mais para mamar, pois estão aprendendo, assim como as mamães, a amamentar. É um processo que exige paciência e persistência. No início demoram em torno de uma hora em uma mamada completa, e com o tempo ficam mais “profissionais”. Bebês aprendem rápido. Em torno dos 3 meses, uma mamada deve demorar entre 5 a 15 min.

Devo deixar 20 minutos em cada mama e trocar o lado? 30 minutos em cada mama? Quanto tempo?

Sei que precisamos de uma idéia do tempo e por isso as mamães insistem tanto nisso. Infelizmente esse valor exato não existe! A dica que eu deixo para vocês é: parem de cronometrar! Deixe a amamentação fluir de forma mais natural possível, mais tranquila e leve. Se você está com dúvidas para entender o que o seu bebê quer e precisa, aprenda a observá-lo, coloque-o perto de você, pele e pele e deixe seu corpo te guiar um pouco. Confie nos seus instintos.

Amamentação e números não combinam, se você olha somente para o relógio, e não olha para seu bebê, está perdendo algo.

Dúvidas? Deixe nos comentários!

Aproveite também para baixar o e-book GRATUITO sobre o sono do bebê! São muitas dicas e informações que podem te ajudar, acesse: https://bit.ly/3bWoOlZ e garanta já o seu!

Não esqueça de se inscrever no canal do youtube da Pediatria Descomplicada, acesse: https://youtu.be/fn7z7Q62hjI

 

Para ter acesso a conteúdos exclusivos, do Pediatria Descomplicada, junte-se ao grupo do Telegram através do link: https://bit.ly/30iJTkW.

Um bjo,

Dra Kelly Marques Oliveira

Para seguir o blog e receber as novidades por e-mail, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga no Instagram(@pediatriadescomplicada, clique no canto superior direito “ativar notificações de publicação”).

Dra Kelly Marques Oliveira

CRM 145039

Consultório particular em São Paulo: (11) 5579-9090/ Whatsapp (11) 93014-0007

 

Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o “ver primeiro”, para receber aviso dos posts novos) e Instagram (@pediatriadescomplicada, clique no canto superior direito “ativar notificações de publicação”).

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja muito bem-vindo!
Quer receber Nossa newsletter coloque seu melhor email

(Não se preocupe, somos contra spam)