fbpx

urso

O lado colorido de ser mãe (um olhar além dos dias cinzas)

Vira e mexe falamos aqui na página, no blog, nos stories e nas lives sobre as dificuldades enfrentadas na maternidade, a famosa “maternidade real“, com todo cansaço, privação de sono, inseguranças e incertezas. São aqueles dias cinzas, em que bate um desânimo e muitas vezes nos perguntamos o que fazer no meio do desamparo.

Mas a maternidade é MUITO mais do que os dias cinzas, e como após uma tempestade num dia cinzento, surge o arco-íris. A maternidade é esse arco-íris inteiro de emoções à flor da pele, de aventuras e de muito, muito amor, do tipo mais puro e verdadeiro. Nada se compara a experiência de ser mãe, de gestar por meses aquele pequeno serzinho indefeso e perfeito aos nossos olhos e depois, pouco a pouco, aprender a encaixá-lo em nossa vida e nossa rotina. Tudo muda, tudo se transforma e se adapta com a chegada de um bebê. A realidade é muito mais intensa do que nossas expectativas.

Junto com o nascimento de um bebezinho, nasce o amor incondicional e sem limites que somente uma mãe é capaz de sentir. Às vezes você pode até achar meio absurdo amar tanto, mas acredite, é possível, e é maravilhoso. O amor transborda em cada olhar, em cada toque, cada gesto de carinho e cuidado, cada momento de amamentação, cada nova habilidade adquirida ou risadinha infantil que somente os bebês são capazes de fazer.

E entre tempestades e arco-íris, a mãe aprende a redefinir suas prioridades, suas tarefas e necessidades. O centro de seu mundo passa a ser seus filhos e a felicidade deles, custe o que custar. É nesse momento que muitas mães param para refletir que, de fato, agora existe alguém mais importante que si mesmo em sua vida. É claro que você não deve se deixar de lado, isso nunca! Mas é quase imperceptível e realmente acontece: você vai estar andando no mercado, no shopping ou em um parque e vai lembrar de seu bebezinho. Vai bater a saudade e você vai querer correr pra casa e pegar seu filho nos braços, abraçá-lo e dar todo carinho do mundo. Vai querer agradá-lo com aqueles mimos que só mãe conhece.

Às vezes vai doer dar as broncas necessárias e chamar a atenção quando é preciso, mas você, no fundo, sabe que se trata de um gesto de amor. Ensinar e guiar é uma parte muito importante da maternidade, e com certeza vai refletir no futuro de seu filho. E perceber a importância dessas “broncas” nada mais é do que uma forma de amadurecimento pessoal, um exercício de paciência que nem sabíamos que era possível ter. Tudo é muito instintivo, e se não fosse por nossos pequenos, tal instinto materno não teria despertado tão fortemente.

Ser mãe é mudar sua forma de pensar, de ver o mundo, ver as coisas, as situações e a forma de amar.

Você percebe que está imersa na maternidade arco-íris quando, em um dia qualquer, se dá conta que está sentada no sofá ou na cama observando fotos de quando seu filho era menor e pensando “poxa, o tempo podia parar ou voltar para que ele continue pra sempre desse jeito, juntinho de mim”. Você, então, se dá conta de que tudo valeu a pena, e de que você viveu e ainda vive os melhores e mais coloridos dias ao lado daquela pessoinha tão especial: seu filho.

Não esqueça de se inscrever no canal do youtube da Pediatria Descomplicada!

Para ter acesso a conteúdos exclusivos, do Pediatria Descomplicada, junte-se ao grupo do Telegram através do link: https://bit.ly/30iJTkW.

Um bjo,

Dra Kelly Marques Oliveira

Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga no Instagram(@pediatriadescomplicada, clique no canto superior direito “ativar notificações de publicação”).

Dra Kelly Marques Oliveira

CRM 145039

Consultório particular em São Paulo: (11) 5579-9090/ Whatsapp (11) 93014-0007

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja muito bem-vindo!
Quer receber Nossa newsletter coloque seu melhor email

(Não se preocupe, somos contra spam)