fbpx

urso

Cuidado com o CORONAVÍRUS! Saiba mais sobre o primeiro caso confirmado no Brasil

Cuidado com o CORONAVÍRUS! Aposto que você tem ouvido muito falar sobre a nova doença que está deixando o mundo inteiro em alerta. Mas vamos com calma, não é hora de se desesperar, e sim de se manter de olhos abertos.

SOBRE O PRIMEIRO CASO CONFIRMADO

O primeiro caso do coronavírus (Covid-19) no Brasil foi relatado ontem, terça-feira (25/02), pelo hospital Hospital Israelita Albert Einstein, e confirmado hoje durante uma coletiva de imprensa pelo @minsaude. O exame de contraprova foi feito no paciente pelo Instituto Adolfo Lutz, e confirmado publicamente nessa manhã (26/02). Trata-se do primeiro caso confirmado do vírus em todo Brasil e América Latina.

O paciente de 61 anos acometido pela doença reside em São Paulo capital, e esteve em Lombardia, norte da Itália, país que enfrenta estado de alerta em relação aos casos de infectados pelo vírus devido a infecção sustentada, do dia 9 ao dia 21 de fevereiro. Após minuciosos exames serem realizados e os sintomas analisados por uma equipe entre o dia 24 de fevereiro e 25 de fevereiro, a doença foi confirmada no paciente e o caso notificado à Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo.

NADA DE PÂNICO!

Se o mundo inteiro está em estado de alerta sobre o coronavírus, por que não devemos nos desesperar e tomar medidas drásticas de segurança agora que o primeiro caso foi confirmado no Brasil, Dra. Kelly?

Primeiro, é muito importante tomar cuidado com as fake News sobre o novo vírus. Muitas notícias falsas foram divulgadas e circularam ao redor do mundo, causando pânico e atrapalhando a investigação real da doença.

E QUAIS SÃO OS SINTOMAS, @PEDIATRIADESCOMPLICADA?

É importante se atentar aos REAIS sintomas do vírus: O Covid-19, nome dado ao novo coronavírus, causa principalmente problemas respiratórios leves, moderados e graves. Os primeiros sintomas identificados são febre e tosse seca, seguido de dificuldades para respirar que podem fazer com que a pessoa procure ajude médica dependendo do grau do problema.

Em crianças e jovens, os sintomas têm se apresentado de forma mais leve e com a letalidade baixa, não sendo o principal foco das infecções, o que deixa muitas mães e pais mais tranquilos. Idosos e pessoas que já apresentam problemas respiratórios, cardiovasculares e outras doenças crônicas são mais suscetíveis a apresentarem os sintomas mais graves, como dores musculares, confusão mental, pneumonia e outras infecções respiratórias das vias aéreas superiores.

Até o momento, o Ministério da Saúde não apresenta nenhuma orientação específica para gestantes em relação ao coronavírus e seus riscos.

 

O QUE DEVEMOS FAZER, ENTÃO?

Nesse momento, o importante é que os profissionais da saúde continuem estudando o vírus para entender melhor sua transmissão em diversos aspectos, como o vírus sobrevive em um país com nosso clima etc, para que assim novas medidas de segurança sejam divulgadas.

Por enquanto, as principais recomendações para prevenir a propagação e transmissão do vírus em qualquer idade estão ligadas a higiene.

VAMOS PREVENIR O CORONAVÍRUS?

Entre as principais recomendações de prevenção, estão:

– Lave as mãos com água corrente e sabonete com frequência;
– Leve sempre consigo um álcool em gel antisséptico e use-o sempre que possível e necessário;
– Evite compartilhar utensílios de uso pessoal como garrafas, copos, talheres, travesseiros etc.;
– Ao tossir ou espirrar, lembre-se de cobrir a boca e o nariz com o braço flexionado ou um lenço descartável;
– Tente não tocar os olhos, nariz e boca com frequência;
– Evite entrar em contato com pessoas doentes;
– Mantenha as superfícies e objetos tocados com frequência limpos e higienizados;
– No caso de bebês e crianças pequenas, evite locais aglomerados e fechados;
– Profissionais da saúde

PRECISA USAR MÁSCARA PARA SAIR DE CASA, DRA?

A respeito da máscara tão comentada como medida preventiva de transmissão, seu uso ainda não é recomendado para pessoas que não estão com suspeita da doença ou pacientes que não entraram em contato direto com o infectado.

Recentemente o Ministério da Saúde publicou em seu instagram (@minsaude) um post informando que atualizaram a população com frequência e transparência sobre o coronavírus em tempo real. Por isso, vale a pena ficar de olho em fontes confiáveis como a citada acima para se manter informado a respeito da doença.

Para mais recomendações e informações, acesse:

Não esqueça de se inscrever no canal do youtube da Pediatria Descomplicada!

Para ter acesso a conteúdos exclusivos, do Pediatria Descomplicada, junte-se ao grupo do Telegram através do link: https://bit.ly/30iJTkW.

Um bjo,

Dra Kelly Marques Oliveira

Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga no Instagram(@pediatriadescomplicada, clique no canto superior direito “ativar notificações de publicação”).

Dra Kelly Marques Oliveira

CRM 145039

Consultório particular em São Paulo: (11) 5579-9090/ Whatsapp (11) 93014-0007

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja muito bem-vindo!
Quer receber Nossa newsletter coloque seu melhor email

(Não se preocupe, somos contra spam)