fbpx

urso

O que é Alergia Alimentar, Dra. Kelly?

Alergia alimentar é um tema que assusta muitos pais e causa muita preocupação, afinal nunca se sabe qual alimento poderá provocá-la ou quando. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a alergia alimentar atinge cerca de 6% a 8% das crianças menores de 3 anos de idade, número que comprova que é importante sempre se atentar a alimentação dos pequenos e a possíveis reações a novos alimentos.

Mas o que é a alergia alimentar, @pediatriadescomplicada?

Trata-se de uma reação adversa a determinado tipo de alimento, ou seja, uma reação exagerada do sistema imunológico após a ingestão de certo alimento.

Existe mais de um mecanismo no qual a alergia acontece. Vamos falar hoje sobre o mecanismo mediado por IgE.
Essa reação adversa costuma ocorrer devido a produção de uma substância no organismo chamada anticorpos imunoglobulina E (IgE). Essa IgE é produzida pelas nossas células de defesa,os linfócitos B, quando o corpo entra em contato com o alimento , e reconhece a proteína (na grande maioria das vezes) do alimento como algo estranho ao corpo. O primeiro contato pode não causar reações , mas causa sensibilização, e o corpo fica em alerta 🚨.

Sabe aquela fórmula a base de leite de vaca dada na maternidade? 😞 Pode acontecer aí.

Num próximo contato do alimento com o corpo, ele pode reagir reconhecendo aquilo como estranho e aí vêm as reações, que podem ser de pele, respiratórias e gastrointestinal. Tais reações podem variar em gravidade, algumas sendo mais leves como simples coceiras na pele e coriza nasal e outras podem causar sintomas graves, como a temida anafilaxia (reação alérgica sistêmica grave).

A alergia alimentar é mais comum na infância, porém pode acometer pessoas de todas as idades. Existe, inclusive, a possibilidade de a alergia desaparecer conforme a criança cresce, que é o que consideramos a cura. Significa a tolerância ao alimento na qual a criança era alérgica. Caso isso não ocorra e a alergia permaneça até a vida adulta, a tendência é que ela persista por toda a vida da pessoa. Hoje existe a possibilidade de tratamento dessa alergia mais crônicas e graves através do mecanismo de dessensibilização ao alimento, que deve ser feito por alergista capacitado.

Crianças com outros problemas alérgicos tem mais chance de terem alergia alimentar, Dra. Kelly?

Infelizmente a resposta é SIM! Cerca de 38% das crianças que apresentam dermatite atópica também apresentam alergia alimentar, e a alergia também está presente em 5% das crianças que possuem asma. Portanto, se seu filho possui algum tipo de alergia, vale a pena consultar um alergista para avaliar se há necessidade de investigação, e como tratar da melhor forma.

Existem, inclusive, determinados alimentos que causam mais alergias alimentares do que outros em crianças. São eles:

  • Leite: os principais componentes do leite que causam alergias são a caseína, a alfa-lactoalbumina e beta-lactoglobulina, sendo a caseína um marcador de gravidade da doença.
  • Amendoim: Esse alimento está no grupo de alimentos que podem causar reações alérgicas mais sérias e persistentes;
  • Ovo: os principais componentes do ovo que causam alergia são o ovomucoide e o ovoalbumina, porém outros componentes também podem ser gatilhos;
  • Soja: A proteína da soja está presente em diversos temperos e congelados, portanto, é indicado ficar de olho;
  • Frutos do mar: O principal causador é o camarão, porém caranguejo, lagosta e até peixes também podem causar alergias;
  • Castanhas/ Oleaginosas: a alergia pode ser a determinada castanha apenas, e costumam ser graves. É possível descobrir qual delas causa alergia através de testes.
  • Trigo: a gliadina presente no glúten pode reagir com a imunoglobulina E e causar uma reação alérgica.
  • Peixe: a alergia ao peixe pode ser apenas de determinada espécie, ou vários tipos de peixe, que tem o componente alergênico em comum.
  • Tecla SAP: componente é uma parte da proteína daquele alimento que tem maior ”reação“. Através de testes moleculares é possível identificar e caracterizar melhor determinadas alergias.

Muitos alimentos citados acima estão presentes em festas, almoços de família e onde nem imaginamos. Por isso pais de alérgicos ficam tão preocupados nessas ocasiões e com razão!

Alergia alimentar é coisa séria e NUNCA se deve dar algo à criança sem perguntar aos pais. O que pode parecer frescura para uns, pode levar a reações graves na criança.

É muito importante ter em mente que ALERGIA ALIMENTAR não é igual a INTOLERÂNCIA ALIMENTAR! A intolerância não tem relação com o sistema imunológico, enquanto a alergia alimentar é causada por uma reação IMUNO mediada.

Quais são os sintomas de alergia alimentar que devo ficar atento @pediatriadescomplicada ?

Gente, os sintomas podem variar muito , mas vou listar abaixo alguns! Vem comigo: 👇🏼

  • Dificuldade para respirar ou respiração ruidosa;
  • inchaço de olhos, língua ou orelhas
  • Dor abdominal;
  • Congestão nasal;
  • Coriza nasal e espirros
  • Náusea e vômito;
  • Urticária: placas avermelhadas e elevadas pelo corpo
  • Cólicas abdominais e refluxo gastroesofágico
  • Sangramento nas fezes 💩
  • Irritação na boca, garganta, olhos, na pele ou qualquer outra parte do corpo, principalmente onde o alimento tocou.

Caso seu filho apresente um ou mais sintomas citados acima logo após ingerir algum alimento ou algumas horas depois, é recomendado ir ao hospital imediatamente para evitar complicações mais graves como a anafilaxia (reação anafilática). E procure um alergista para que possa investigar melhor o quadro!

Como vocês viram, é bem complexo né? Tentei traduzir um pouco do mediquês para vocês aqui. Cuidado com soluções rápidas para o problema. Procure sempre um especialista. 😉

Ficou com dúvidas? Deixe nos comentários, pessoal! Assim consigo ajudar vocês a esclarecer o assunto!

FONTE: http://asbai.org.br/alergia-alimentar/

E não esqueça de se inscrever no canal do youtube da Pediatria Descomplicada! 

Para ter acesso a conteúdos exclusivos, do Pediatria Descomplicada, junte-se ao grupo do Telegram através do link: https://bit.ly/30iJTkW.

Um bjo,

Dra Kelly Marques Oliveira

Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga no Instagram(@pediatriadescomplicada, clique no canto superior direito “ativar notificações de publicação”).

Dra Kelly Marques Oliveira

CRM 145039

Consultório particular em São Paulo: (11) 5579-9090/ Whatsapp (11) 93014-0007

2 Comments

  • Carla 11/01/2020 Reply

    Olá, boa tarde! Meu baby tem 6 meses e já iniciei a IA. Mas gostaria de saber se posso oferecer morango e kiwi para ele? É verdade q é perigoso por causa de alergia??

    • Sac Blog 17/01/2020 Reply

      Olá Carla,

      Muito obrigada por me acompanhar e interagir comigo.
      Aqui no Blog e Youtube temos diversas dicas sobre a IA.

      Espero que goste dos conteúdos.
      Um beijo,
      Dra Kelly.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja muito bem-vindo!
Quer receber Nossa newsletter coloque seu melhor email

(Não se preocupe, somos contra spam)