urso

As quartas usamos rosa! – #OutubroRosa

 

 

Você sabia que amamentar ajuda a prevenir o câncer de mama? Isso mesmo!

A amamentação traz inúmeros benefícios para a saúde do bebê, mas para a mãe também! Além dos componentes do leite materno serem perfeitamente adaptados às necessidades do seu bebê, amamentar estreita os laços entre a mãe e o bebezinho, ou seja, é realmente tudo de bom! E não pára por aí! A amamentação tem inúmeros benefícios também para quem amamenta!

O risco de contrair câncer de mama diminui em cerca de 4,3% a cada 12 meses de duração da amamentação de acordo com a revisão do Fundo Mundial para Pesquisas sobre o Câncer (WCRF). Essa diminuição ocorre porque, durante o período de amamentação, o nível de estrogênio no organismo da mulher não aumenta e o movimento de sucção que o bebê faz para se alimentar promove uma espécie de esfoliação do tecido mamário, eliminando e renovando células agredidas. Outras razões estão interligadas ao fato de que, enquanto a mulher amamenta, seus ciclos ovulatórios são bloqueados, diminuindo a sobrecarga hormonal e, assim, o aparecimento do câncer de mama.

E o melhor: amamentar diminui as chances do aparecimento do câncer de mama em mulheres na pré e na pós menopausa!

Além deste, também há relação entre a amamentação e a prevenção de outros tipos de câncer, como o de ovário, que poderia ser reduzido em 30% se as mulheres amamentassem por mais tempo. Para cada mês de amamentação, estima-se uma redução de 2% de chances de ter a doença.

Há ainda uma menor propensão ao câncer de endométrio. As mulheres que amamentam têm risco 11% menor de desenvolver a doença, se comparadas às que nunca amamentaram. Ou seja, quanto maior a duração da amamentação, menor é a possibilidade de câncer de endométrio e ovário.

Achei importante fazer uma ressalva sobre como a amamentação é importante e incrível, é muito mais do que simplesmente alimentar o bebê!

Aproveitando a campanha do #OutubroRosa, vou deixar aqui para vocês algumas outras dicas de prevenção do câncer de mama! Confira abaixo:

A orientação é que a mulher realize a auto palpação/observação das mamas sempre que se sentir confortável para tal (seja no banho, no momento da troca de roupa ou em outra situação do cotidiano), sem nenhuma recomendação de técnica específica, valorizando-se a descoberta casual de pequenas alterações mamárias. Essa estratégia mostrou ser mais efetiva do que o autoexame das mamas, isto é, a maior parte das mulheres com câncer de mama identificou o câncer por meio da palpação ocasional em comparação com o autoexame.

Outras formas de prevenção estão listadas abaixo:

  • Pratique atividade física regular, mas sem exageros! Exercitar-se reduz em quase 1/3 as chances de desenvolvimento do câncer de mama, por isso é recomendado praticar cerca de 30 minutos diários de atividade física, mas sempre com acompanhamento de um profissional da área para dar as melhores orientações.
  • Atenção para a alimentação! Uma dieta equilibrada e saudável ajuda em MUITOS aspectos da vida das pessoas, seja sobre seu peso, sua saúde psicológica e física e, inclusive, na prevenção do câncer de mama. Evite alimentos industrializados, enlatados e conservados pois muitos deles possuem em sua composição agentes cancerígenos.
  • Evite o cigarro e as bebidas alcoólicas! O cigarro contém inúmeras substâncias tóxicas que podem causar diversas doenças, entre elas o câncer. O alcoolismo, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), causa entre 2% a 4% de mortes por câncer, principalmente se seu consumo for feito junto do tabaco. É melhor evitar, não é mesmo?
  • Não deixe de realizar seus exames de rotina! Faça um acompanhamento regular com um profissional da saúde para que ele te avalie clinicamente e peça os exames necessários para garantir seu bem-estar.

E é isso, mamães! Vamos juntas lutar contra o câncer de mama e promover cada ver mais os benefícios e a importância da amamentação para nossa sociedade!

FONTES:

https://www.inca.gov.br

https://www.sbp.com.br

Para ter acesso a conteúdos exclusivos, do Pediatria Descomplicada, junte-se ao grupo do Telegram através do link: https://bit.ly/30iJTkW.

E não esqueça de se inscrever no canal do youtube da Pediatria Descomplicada!

Um bjo,

Dra Kelly Marques Oliveira

Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga no Instagram(@pediatriadescomplicada, clique no canto superior direito “ativar notificações de publicação”).

Dra Kelly Marques Oliveira

CRM 145039

Consultório particular em São Paulo: (11) 5579-9090/ Whatsapp (11) 93014-0007

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Faixa