urso

Vacina DTaP: Saiba como proteger melhor seu bebê!

Vamos falar sobre prevenção? O nosso país tem enfrentado um momento complicado quando o assunto é imunização! Percebemos isso ao notar doenças consideradas erradicadas, ou de baixa incidência “voltando à ativa”.
Desta, forma uma alerta desponta, a prevenção é a melhor forma de cuidado, as vacinas são essenciais para isso!

Hoje vamos falar sobre a importância da vacina DTaP, uma vacina normalmente muito conhecida pelas mamães e futuras mamães, mas não para o resto de nossa população! A DTaP é a vacina responsável pela prevenção da difteria, coqueluche e do tétano. Vamos entender um pouco mais sobre cada uma dessas doenças? Vamos lá!

Difteria
Começando com a difteria, é uma doença bacteriana aguda, causada pelo bacilo Corynebacterium diphtheriae, que invade as estruturas localizadas com mais frequência nas amígdalas, laringe e nariz. A incidência da doença costuma aumentar nos meses frios, devido as pessoas frequentarem mais ambientes fechados.  A doença é transmitida por contato direto com doentes, através das secreções nasais ou em contato com objetos contaminados recentemente pelas secreções.
Os sintomas mais comuns são: dor de garganta, febre, cansaço e palidez, comprometendo o estado geral do paciente. Em casos mais graves a difteria pode causar edema intenso no pescoço, aumento de gânglios linfáticos e até asfixia.
As crianças em idade pré-escolar são o grupo mais vulneravel quando não imunizadas, contudo, a difteria pode acometer pessoas de qualquer idade e a única maneira efetiva de preveni-la é a vacinação, o reforço, da vacina, deve ser feito a cada 10 anos.

Coqueluche
A coqueluche é uma doença infecciosa causada pela bactéria Bordetella pertussis, que compromete o aparelho respiratório. Ela é transmitida de pessoa para pessoa através de tosse, espirro ou até mesmo conversa. Esta enfermidade causa inflamação do trato respiratório, dificultando a eliminação das secreções pulmonares, podendo levar a complicações como: otite média, anorexia, desidratação, pneumonia.
Por ainda não serem completamente imunizados, os bebês abaixo de 6 meses são os mais vulneráveis sendo os familiares a principal fonte de infecção. Imunizar todos os familiares contra a coqueluche é uma das principais formas de proteger o seu bebê.

Tétano
O tétano é uma infecção aguda e grave, causada pela toxina do bacilo tetânico, Clostridium tetani, que entra no organismo através de ferimentos ou lesões de pele e não é contagiosa, ou seja, não é transmitido de um indivíduo para outro. Essa infecção ocorre pela introdução da bactéria em ferimentos externos, geralmente perfurocortante, contaminados com terra, poeira, fezes de animais ou humanas. Não apenas objetos enferrujados podem provocar a doença, pois a bactéria pode ser encontrada em diversos ambientes. Há também o tétano neonatal, que ocorre pela contaminação do coto umbilical, quando instrumentos sujos são utilizados para cortar o cordão umbilical ou em casos de se utilizar substâncias pouco higiênicas para cobrir o próprio coto.
O tétano ataca principalmente o sistema nervoso central e seus sintomas são: rigidez muscular em todo o corpo, especialmente na mandíbula e no pescoço, dificuldades para abrir a boca e engolir, riso sardônico (espasmos musculares da face).
Da mesma forma que a Difteria, o Tétano não confere imunidade permanente, logo, aqueles que já contraíram a doença não adquirem anticorpos necessários para evitá-lo novamente, sendo a vacina a única forma de proteção.

Vamos conhecer um pouco mais a vacina DTaP!
A vacina contra difteria, tétano e coqueluche está disponível em diferentes formas: DTP (tríplice bacteriana de célula inteira) e a  DTaP (tríplice bacteriana acelular).

Contra-indicações
Pessoas que apresentaram reação alergica grave (anafilaxia) ou sintomas neurológicos causados por algum componente da vacina ou após a administração de dose anterior.

Esquema Vacinal

DTP/DTaP:

  • 3 doses: 2,4 e 6 meses de idade;
  • 1° reforço: 15-18 meses;
  • 2° reforço: 4-6 anos.

dTpaR:

  • 1 dose a partir dos 10 anos de idade, sendo recomendado o reforço a cada 10 anos.

Gestante não vacinada:

  • Fazer 2 doses da vacina dT (Difteria e Tétano–dupla adulto) e 1 dose da dTpa de preferência entre a 27ª  e 32ª semana de gestação;

Gestante vacinada:

  • Fez 3 doses anteriormente da vacina (DTP, DT, dT ou TT): fazer uma 1 dose da dTpa de preferência entre a 27ª  e 32ª semana de gestação;
  • Fez 1 ou 2 doses anteriormente da vacina (DTP, DT, dT ou TT): completar com a vacina dT até 2 doses e fazer 1 dose de dTpa de preferência entre a 27ª  e 32ª semana de gestação.

Para quem a vacina é indicada?

  • Para reforço das vacinas DTPa ou DTP em crianças a partir de 4 anos de idade, adolescentes e adultos;
  • Gestantes;
  • Todas as pessoas que convivem com crianças menores de 2 anos, sobretudo bebês com menos de 1 ano, incluindo familiares, babás, cuidadores e profissionais da Saúde;

Reações mais comuns

As reações mais comuns da vacina DTaP são: febre, vermelhidão, inchaço ou dor e sensibilidade no local da aplicação, irritabilidade, sonolência e falta de apetite.
Você e sua família estão com a vacinação em dia? Esse cuidado é muito importante! Não deixe de procurar proteção, a prevenção ainda é a melhor forma de cuidado!

Um Bjo😘
Dra Kelly Marques Oliveira
Pediatria, Alergia e Imunologia e Consultora Internacional de Amamentação

Foto por: @Monetnicolebirths

  • Para mais informações entre em contato conosco em nosso telefone:
    ☎ (11) 5083-1818
  • Ou envie sua mensagem em nosso WhatsApp:
    📲 (11) 99866-1107
  • www.vacinadescomplicada.com.br
  • contato@vacinadescomplicada.com

Consultório Espaço Médico Descomplicado – São Paulo: (11) 5579-9090/ whatsapp (11) 93014-0007

E aí gostou do conteúdo? Espero que tenha ajudado a esclarecer dúvidas! Compartilhe! E você sabia que dá para receber o conteúdo do blog direto no seu email? É só se cadastrar! Só fazer o cadastro na nossa newsletter e colocar seu email! Estamos também no Facebook (curta e coloque para “ver primeiro” nas opções) e instagram @pediatriadescomplicada (ative as notificações para visualização).

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Faixa