urso

Novela x Vida real: Amamentação cruzada pode?

Novela não é bem vida real…novamente a TV com suas peripécias na novela promovendo a desinformação sobre aleitamento materno e bora lá a gente precisar desmistificar isso!

Pra quem não viu, na novela da Globo “O outro lado do Paraíso” foi orientado que uma mãe amamentasse o bebê de outra mãe, a chamada amamentação cruzada. Essa pratica não é recomendada pois existe o risco de transmissão de doenças, que podem passar através do aleitamento materno. Ah doutora, mas a gente não deveria ser solidário e incentivar a doação de leite materno? Com certeza! Mas o leite materno doado passa por um rigoroso processo de avaliação da mãe doadora, e esse leite é pasteurizado no banco de leite humano. Esse leitinho irá salvar vidas de milhares de prematuros na UTI neonatal! Então doe leite, doe muito leitinho! Mas da maneira correta ok?

Então…a amamentação cruzada não deve ser incentivada, devido ao risco de transmissão de doenças ao bebê. Difícil é explicar isso quando aparece esse tipo de cena na TV né gente?

Além disso, falar que o leite é fraco ou insuficiente ainda na maternidade é um tiro no pé! Primeiro que não existe leite fraco ok? Segundo que o diagnóstico de “leite insuficiente” jamais pode ser dado assim tão cedo, ainda na maternidade…só se quisermos promover o desmame mesmo, aí a gente fala logo isso pra mãe. Triste mesmo. Existem condições de hipogalactia? De baixa produção de leite? Sim, até existe! Mas é exceção e não regra! O diagnóstico deve ser feito com o manejo da amamentação, de preferência por um especialista no assunto! Ainda assim, esse diagnóstico nunca é feito dessa forma e sim com o seguimento e acompanhamento corretos, com o manejo adequado da amamentação.

Infelizmente a informação passada através da novela foi mais um desserviço à informação de qualidade e não embasada na ciência.

Quanto a isso, Sociedade Brasileira de Pediatria se posicionou sobre o assunto em nota oficial. (Ainda bem!)

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) esclarece a população através dessa nota informações referentes às cenas da novela “O outro lado do Paraíso”, transmitida pela TV Globo, no capítulo do dia 27/03/2018, quando recomenda a “amamentação cruzada” (quando uma mulher amamenta diretamente o filho de outra mulher). A SBP ressalta que a amamentação cruzada é contraindicada pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde (OMS), pois há riscos relacionados à transmissão de doenças infectocontagiosas, como o HIV/AIDS, principalmente para as crianças.

Entretanto, a doação de leite materno pode e deve ser incentivada. O leite materno deve ser doeado diretamente ao banco de leite humano, onde será pasteurizado e devidamente analisado quanto ao risco de transmissão de doenças. Assim, o leite materno doado será alimento para milhares de bebê na UTI neonatal e salvará muitas vidas.

Veja como doar leite materno

A SBP ainda destaca que não existe leite materno “fraco”, como foi sugerido na novela. O leite materno é o alimento mais completo e perfeito que existe. O aleitamento materno é o único processo natural que garante acesso a esse alimento tão perfeito e adequado ao desenvolvimento ótimo da criança. A recomendação das organizações é que o aleitamento materno seja exclusivo até os 6 meses de idade, e incentivado até os 2 anos de idade ou mais. Limitar a explicação das dificuldades da amamentação que porventura possam existir a “leite fraco”ou leite insuficiente”é simplista demais diante da complexidade que envolve a produção de leite, a capacidade de sucção desse bebê e todos os mecanismos fisiológicos envolvidos na amamentação.

Assim o aleitamento materno deve ser prioridade considerando-se todos os seus inúmeros benefícios, para o bebê, para a mulher e a saúde em geral. Cabe ainda aos pediatras um importante papel de promover o aleitamento materno e trazer informações, incentivo e empoderamento a essas duplas mãe-bebê.

Veja a página da SBP com informações importantes sobre aleitamento materno 

Aqui eu coloco sempre informações embasadas em ciência e confiáveis para vocês. Aproveite e veja o meu e-book sobre amamentação, gratuito! Só baixar.

Então só pra vocês lembrarem…

Doe! Doe muito leite materno! Mas de forma segura e adequada! Dê apoio, muito apoio, informação e empoderamento à essas mães, mas não seu peito!

Não acredite quando te dizerem ainda na maternidade que seu leite é fraco, ou que não é suficiente para seu bebê! Procure um especialista em amamentação!

Então que tal promovermos a informação e não desinformação? Compartilhe!

Um abraço,

Dra Kelly Marques Oliveira

Pediatra, Alergia e Imunologia e Consultora Internacional de Amamentação (IBCLC)

CRM 145039

Consultório Espaço Médico Descomplicado – São Paulo: (11) 5579-9090/ whatsapp (11) 93014-0007

E aí gostou do conteúdo? Espero que tenha ajudado a esclarecer dúvidas! Você sabia que dá para receber o conteúdo do blog direto no seu email? Só fazer o cadastro na nossa newsletter e colocar seu email! Estamos também no Facebook (curta e coloque para “ver primeiro” nas opções) e instagram @pediatriadescomplicada (ative as notificações para visualização).

Deixe uma resposta

Faixa