urso

Febre Amarela: dose inteira x dose fracionada

Com o aumento do número de casos de Febre Amarela e o agravamento da situação epidemiológica em nosso país, além da ampliação da recomendação da vacina de Febre Amarela em todo o Estado de São Paulo, o caos está instalado. Filas quilométricas nos postos de saúde, esgotamento da vacina de febre amarela nas clínicas particulares, e aquela onda de incerteza na população.

Junto com isso, um monte de dúvidas surgem, entre elas a recomendação da dose fracionada da vacina de Febre Amarela e a desconfiança da população: funciona mesmo? Será que preciso fazer? Criança deve fazer? A partir de qual idade?

Hoje falarei mais sobre a recomendação da dose fracionada da vacina, que é a maior dúvida!

Sobre o Uso da dose fracionada

O uso da dose fracionada foi recomendada pelo próprio Ministério da Saúde, para realizar a a cobertura vacinal de forma rápida e eficaz, em toda a população não vacina nas áreas endêmicas.

A  vacinação para febre amarela é recomendada atualmente em  21 Estados: Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Bahia, Maranhão, Piauí, Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Veja a nota divulgada pelo Ministério da Saúde, a respeito da dose fracionada:

“O Ministério da Saúde esclarece que mantém a estratégia definida pelo estado de São Paulo para vacinação da população contra a febre amarela. A determinação das áreas de vacinação foi feita de acordo o acompanhamento da circulação do vírus, baseada no mapeamento epidemiológico das regiões. A vacinação está sendo intensificada nas áreas com risco de infecção pela doença.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) ampliou, nesta terça-feira (16), a orientação aos viajantes internacionais que vêm ao estado de São Paulo. Como não há possibilidade de prever os deslocamentos internos desses viajantes, trata-se de uma medida ampliada de cautela.

O Ministério da Saúde reforça que as áreas determinadas para vacinação no País permanecem as mesmas e que as medidas de prevenção, como intensificação da vacinação e fracionamento de doses, também continuarão sendo realizadas e atualizadas conforme as necessidades.”

A vacina fracionada é igual a vacina padrão? 

A vacina é exatamente a mesma, porém o que muda é a quantidade.

A vacina fracionada contém 0,1 mL do soro, ou seja, 1/5 da dose padrão, que é 0,5ml. A dose padrão é considerada altamente imunogênica, com resposta e eficácia para toda a vida, ou seja, só precisa ser vacinado uma única vez.

A vacina fracionada foi indicada para o momento epidemiológico atual, e tem validade de 8 anos, porém mais estudos precisam ser feitos.

O que muda na vacina fracionada? 

A vacina continua sendo exatamente a mesma – trata-se de um soro de vírus atenuado, fazendo com que o organismo crie anticorpos contra ele.

A grande diferença é que a dose fracionada contém 0,1 mL do soro, ou seja, 1/5 da dose padrão, que é 0,5ml. O tempo de imunização também não é para toda a vida, e deverá ser repetido.

Já quem recebe a dose padrão fica imunizado pela vida inteira, e só precisa ser vacinado uma única vez.

A dose fracionada vale para todos? 

A dose fracionada da vacina de febre amarela é recomendada apenas para maiores de 2 anos de idade, pois a respista imunológica em crianças é menor, e não garante proteção com a dose fracionada.

Quem deve receber a dose padrão (inteira) da vacina?

Crianças entre 9 meses e 2 anos de idade

Gestantes (após avaliação de risco x benefício, principalmente se áreas endêmicas, após avaliação médica)

Viajantes para outros países

 

Como surgiu a vacina fracionada? 

A experiência do uso de dose fracionada foi utilizada no combate ao surto de Febre Amarela observado em 2016, na cidade de Kinshasa, na República Democrática do Congo, e foi capaz de interrompê-lo naquele país. A taxa de efeitos adversos graves (EAG) registrados após a dose fracionada da vacina nesta campanha foi menor do que as taxas de EAG após a dose padrão.

A garantia da eficácia da vacina foi dada  pelo Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos da Fundação Oswaldo Cruz (Biomanguinhos/Fiocruz), instituto que produz a vacina e única instituição autorizada a fabricar e distribuir doses fracionadas. O estudo foi realizado com 315 pessoas e concluiu que, após 8 anos da vacina com a dose de 0,1ml, ainda havia anticorpos contra febre amarela no organismo.

Uma revisão sistemática realizada pela OMS com a administração da dose fracionada, demonstrou não haver inferioridade na resposta imune, e a taxa de soroconversão (proteção dada pela vacina) foi de 97% dos participantes após 30 dias (Martins RM et al), e os anticorpos neutralizantes atingiram quantidades equivalentes à dose padrão.

Já recebi a vacina, mas há muito tempo, preciso revacinar?

Não! Desde abril de 2017 foi publicado nova recomendação do Ministério da Saúde, em que uma única dose é suficiente e vale para toda a vida. Então se você já foi vacinado, não precisa tomar a vacina novamente!

Espero que tenha ajudado a esclarecer esse tema! Em breve colocarei mais informações! Compartilhe a informação! 😉
Leiam mais nos posts:

Um bjo

Dra. Kelly Marques Oliveira

Pediatra, Alergia e Imunologia e Consultora Internacional de Amamentação (IBCLC) – CRM 145039

E aí gostou do conteúdo? Espero que tenha ajudado a esclarecer dúvidas! Compartilhe! E você sabia que dá para receber o conteúdo do blog direto no seu email? É só se cadastrar! Só fazer o cadastro na nossa newsletter e colocar seu email! Não se preocupe pois somos contra spam, e você receberá somente os conteúdos relevantes. Estamos também no Facebook (curta e coloque para “ver primeiro” nas opções) e instagram @pediatriadescomplicada (ative as notificações para visualização).

Consultório Espaço Médico Descomplicado – São Paulo: (11) 5579-9090/ whatsapp (11) 93014-0007

  • Para mais informações entre em contato conosco em nosso telefone:
    ☎ (11) 5083-1818
  • Ou envie sua mensagem em nosso WhatsApp:
    📲 (11) 99866-1107
  • www.vacinadescomplicada.com.br
Referências Bibliográficas: 

Vacina Fracionada – Ministério da Saúde

Febre_amarela_guia_profissionais_saude

15 Comments

  • Ana Barros 25/01/2018 Reply

    Boa tarde! Só para confirmar. Em 1997 a vacina contra a febre amarela não era fracionada? Como tomei neste ano não preciso tomar mais?
    Agradeço a atenção e fico no aguardo da resposta.
    Ana

    • Dra. Kelly Marques Oliveira - Pediatra 26/01/2018 Reply

      De acordo com o Ministério da Saúde a vacina da febre amarela será dose única ou seja quem ja se vacinou esta imune durante sua vida sem precisar receber a vacina de reforço.

  • fernanda 01/02/2018 Reply

    Eu quero saber q eu tomei a injecao da febre amarela e amamentei meu filho de 1 abo e 7 meses tem algum poblema

    • Dra. Kelly Marques Oliveira - Pediatra 02/02/2018 Reply

      Olá Fernanda, Não há problema algum.

  • Thais Sicchieri 04/02/2018 Reply

    Olá, uma dúvida por favor: minha filha tem 2 anos e 11 meses. Ela deve tomar a dose inteira? A recomendação diz “de 9 meses até 2 anos”, mas fico na dúvida do que isso quer dizer? Obrigada, Thais

    • Dra. Kelly Marques Oliveira - Pediatra 16/02/2018 Reply

      A população alvo a ser vacinada são as crianças de nove meses de idade até as pessoas com 59 anos de idade.

  • Priscila Lopes 07/02/2018 Reply

    Olá, fui vacinar meu filho de 1 ano e eles aplicaram a dose fracionada nele. Como devo proceder? Ele deve tomar novamente a dose normal?

  • Marcia Ferreira 23/02/2018 Reply

    Dra. Kelly,

    Bom dia!!!

    Preciso de ajuda, pois até o momento não encontrei ninguém que soubesse me orientar direito.
    Minha filha foi vacinada aos 9 meses em MG. Quando recebi a carteirinha de vacinação estava escrito que a 2a. dose só deveria ser ministrada aos 15 anos.
    Isso significa que tomou a dose integral? Estou desesperada, porque não sei o que fazer…
    Agradeço de coração pela ajuda.

    • Dra. Kelly Marques Oliveira - Pediatra 08/03/2018 Reply

      Ola Marcia foi a dose integral sim, antes tinha que fazer a cada período de tempo mas, ultimamente esta regra mudou e agora vale para a vida toda de acordo com o ministério da saúde.

  • Glaucia 26/03/2018 Reply

    Boa tarde tomei a vacina da febre amarela a 6 dia ja posso amamentar neu filho de 1 ano e 2 meses ele tambem tomou a vacina . Grata

    • Dra. Kelly Marques Oliveira - Pediatra 20/04/2018 Reply

      Olá Glaucia, na verdade desde o primeiro dia a senhora já poderia dar de mamar, não há restrições para bebê maior de 6 meses.
      Um bjo

      Dra Kelly

  • claudia 27/03/2018 Reply

    Como faço para tomar a dose inteira, pois vou viajar em julho, mas ainda não posso comprar a passagem. Mas, preciso me imunizar desde já devido ao crescimento do número de casos. O Posto de Saúde faz alguma exigência para aplicar?

    • Dra. Kelly Marques Oliveira - Pediatra 20/04/2018 Reply

      Olá Claúdia boa tarde, até onde eu sei no posto público algumas unidades estão aplicando a dose inteira mas não sei dizer quais, aqui no espaço medico descomplicado possuímos a dose inteira, mas, somos uma rede particular.
      Um bjo

      Dra Kelly

  • Romio 20/05/2018 Reply

    Ola Dra, minha filha possui 3,5 anos e tomou a dose fracionada da vacina contra febre amarela em fevereiro, agora vamos viajar e o destino exige o certificado internacional, que por sua vez é só para a dose completa! Posso vaciná-la novamente?

    • Dra. Kelly Marques Oliveira - Pediatra 24/05/2018 Reply

      Olá Romio, pode sim, sem problemas.
      um bjo.
      Dra kelly.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Faixa