urso

Vírus Zika encontrado na saliva e urina

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), órgão vinculado o Ministério da Saúde, divulgou recentemente a constatação da presença do vírus Zika ativo (com potencial de provocar a infecção) em amostras de saliva e de urina de pacientes.

Para a pesquisa, foram analisadas amostras de dois pacientes e as coletas realizadas durante a apresentação de sintomas compatíveis com o vírus Zika. A presença do material genético do vírus foi confirmada pela técnica de RT-PCR em Tempo Real. Também foi realizado o sequenciamento parcial do genoma do vírus.

Esse achado, no entanto, não é suficiente para afirmar que a presença do vírus na saliva pode infectar outras pessoas. Outros estudos são necessários  para analisar, por exemplo, qual o tempo de sobrevivência do vírus Zika e, após passar pelos sucos gástricos, se tem capacidade de infectar as pessoas.

A recomendação, neste momento, é da cautela e de prevenção, com orientações conhecidas para outras doenças, como evitar compartilhar objetos de uso pessoal (escovas de dente e copos, por exemplo) e lavar as mãos. Os maiores cuidados devem ser tomados pelas grávidas, que já devem se proteger contra o mosquito Aedes aegypti.

Para mais informações sobre o Zika vírus e últimas atualizações acesse:

 

Espero que tenham aprendido bastante! Compartilhe para que outras pessoas também possam ter essa informação 😉

Um bjo

Dra. Kelly Marques Oliveira

Pediatra, Alergia e Imunologia e Consultora Internacional de Amamentação (IBCLC) – CRM 145039

E aí gostou do conteúdo? Espero que tenha ajudado a esclarecer dúvidas! Compartilhe! E você sabia que dá para receber o conteúdo do blog direto no seu email? É só se cadastrar! Só fazer o cadastro na nossa newsletter e colocar seu email! Não se preocupe pois somos contra spam, e você receberá somente os conteúdos relevantes. Estamos também no Facebook (curta e coloque para “ver primeiro” nas opções) e instagram @pediatriadescomplicada (ative as notificações para visualização).

Consultório Espaço Médico Descomplicado – São Paulo: (11) 5579-9090/ whatsapp (11) 93014-0007

fonte: www.fiocruz.br

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Faixa