fbpx

urso

Dicas e recomendações para que tem APLV

aplv, alergia proteina do leite de vaca, dra kelly oliveira, pediatria descomplicada, dra kelly pediatra, pediatra são paulo

Papais e mamães

Para ajudar os pais que têm filho com Alergia a proteína do leite de vaca (APLV), aqui vão dicas e recomendações para melhor conviver com a doença!

Por favor, se você conhece alguém que tem essa doença, compartilhe!

  1. Mantenha o aleitamento materno exclusivo. O leite materno pode e deve ser continuado e estimulado, para os bebês que ainda amamentam.
  2. Faça uma dieta de exclusão completa de leite e derivados, pois é transmitido para o bebê no leite materno. Isso para as mamães que amamentam. Tenha uma alimentação equilibrada e saudável com legumes, verduras, carnes, frutas.
  3. A suplementação com cálcio é necessária devido a dieta de exclusão do leite. Preconiza-se 1g/dia, divido em 2 ou 3 tomadas.
  4. Leia sempre os rótulos de produtos industrializados cuidadosamente, mesmo que já tenha oferecido ao seu filho anteriormente.
  5. Leia o rótulo mais de uma vez: quando for comprar o alimento, ao guardar em casa e antes de oferecer à criança.
  6. Cuidado com medicamentos e cosméticos (sabonetes, xampus, cremes) que podem conter leite na sua composição.
  7. Ligue para o fabricante sempre que houver dúvidas sobre produtos industrializados. Solicite listas de produtos sem leite.
  8. Não ofereça produtos que contenham “traços de leite” ou “processado em equipamentos que possam conter leite.
  9. Exclua todos os leites e derivados (queijo, cream cheese, cottage, requeijão, iogurte, manteiga, creme de leite, nata e coalhada), leite de outros animais (cabra) e preparações caseiras ou industrializadas com leite e derivados. Veja a tabela abaixo dos produtos que contêm ou podem conter leite.
  10. Cuidado com o aromatizante sabor ou aroma natural de creme de coco, creme bavária, manteiga, margarina, caramelo, queijo entre outros, pois podem conter traços de leite.
  11. Cuidado com o risco de “contaminação cruzada”. Em supermercados e padarias, peça para fatiar ingredientes separados dos queijos, por exemplo o presunto.
  12. Separe os utensílios usados em casa do resto da família.
  13. Evite a monotonia alimentar, faça receitas substituindo o leite por água, sucos ou fórmulas especiais isentas da proteína do leite.
  14. Faça banho de sol 30 minutos por semana, evitando os horários entre 10 e 16h. O sol é importante para a conversão da vitamina D em metabólito ativo e a absorção do cálcio.
  15. Procure um médico e nutricionista para acompanhar  o seu filho que tem alergia, e para fazer a suplementação de vitaminas, proteínas e cálcio adequadas.

Na creche ou escola alguns cuidados precisam ser tomados, fiquem atentos!

  1. As refeições precisam ser supervisionadas por um adulto.
  2. A criança não pode compartilhar utensílios e alimentos com amigos.
  3. A mesa precisa estar limpa e livre de brinquedos que pfereçam contaminação.
  4. Lavar as mãos da criança antes e após as refeições.
  5. Fornecer uma refeição segura sem leite de vaca e derivados e sem o contato com alimentos ou utensílios com leite, ou permitir que a criança leve o lanche de casa.
  6. Ter uma equipe treinada para reconhecer reações alérgicas, e realizar os primeiros socorros quando necessário.

Em Restaurantes e Lanchonetes…

O ideal é evitar que a criança coma nesses locais sempre que possível, pois é impossível garantir a segurança desses locais. Se não for possível, algumas precauções precisam ser tomadas.

  1. Evitar restaurantes do tipo “self-service”.
  2. Escolha preparações simples, com poucos ingredientes.
  3. Evite molhos, sobremesas, preparações com coberturas, frituras ou cozidos.
  4. Informe ao garçom ou gerente sobre a alergia à proteína do leite de vaca e pergunte sobre o uso dos ingredientes e modo de preparo das refeições.
  5. Verifique o risco de “contaminação” mesmo que com pequenas quantidades de leite ou da utilização dos mesmos utensílios para todas as preparações.
  6. Caso não confie no estabelecimento, não faça a refeição.

Em viagens

Sempre carregue alimentos seguros para a criança, especialmente nas viagens de avião!

Festas e visitas em casas de parentes e amigos:

Imagina o que uma criança pode fazer numa festa com uma mesa inteira cheia de brigadeiros, beijinhos e bolo…difícil segurar né? Todo cuidado é pouco!

  1. Supervisione a criança
  2. Ligue antecipadamente para o dono da festa ou da casa e informe sobre a alergia à proteína do leite de vaca. Se houver intimidade o suficiente para fazê-lo…
  3. Sempre carregue alimentos seguros para a criança, e para também ela ter opção do que comer.
  4. Se achar que a tentação é muito grande, não vá!

Ingredientes derivados de leite (não podem ser consumidos):

Lactoalbumina, lactoglobulina, fosfato de lactoalbumina, lactoferrina, lactulose, caseína, caseína hidrolisada, caseinato de cálcio, caseinato de potássio, caseinato de amônia, caseinato de magnésio, caseinato de sódio, leite (integral, semi-desnatado, desnatado, em pó, condensado, evaporado), nata / creme de leite, soro de leite (whey protein), soro de leite deslactosado / desmineralizado, gordura de leite, coalhada, proteína de leite hidrolisada, lactose.

Ingredientes que podem indicar a presença de leite (sempre verificar no rótulo ou com o fabricante):

Corante / saborizante caramelo, sabor de açúcar mascavo, chocolate, saborizantes naturais ou artificiais, sabor artificial de manteiga, nougat

Ingredientes que NÃO contêm leite (apesar do nome parecer que têm!):

Lactato de cálcio, lactato de sódio, estearoil lactil lactato de sódio, estearoil lactil lactato de cálcio, cremor tártaro, manteiga de cacau, leite de coco.

Produtos que contêm leite ou derivadosProdutos que podem conter leite/derivados
IogurteManteigaMaionese industrializada (pode conter leite em pó)Margarina (pode conter leite em pó ou outro derivado de leite)Biscoitos recheadosCreme para café (coffe-creamer)

Queijos

Nata / creme de leite

Requeijão

Coalhada

Pudim / Manjar

Sorvete e alguns sorbets

Sopas instantâneas cremosas

Molhos cremosos para salada

Purê de batatas / aipim / batata soutê

Salgadinhos (batatinha frita e similares)

Empanados

 

AchocolatadosCereais matinaisBarras de cereaisTofu (pode conter caseína)Molhos cremososSopas prontas / instantâneas cremosas Alguns pães

Atum / sardinha enlatada

Frios (presunto, mortadela, e similares) Patês (pode conter caseína)

Salsichas (pode conter proteínas do leite) Salames (pode conter proteínas do leite)

 

 

Obrigada papais e mamães pela participação aqui no blog! Continuem mandando suas histórias e dúvidas.

Se tiverem dicas e receitas para enviar, por favor me escrevam no email: kelly@drakellyoliveira.com

Espero que tenham aprendido bastante! Compartilhe para que outras pessoas também possam ter essa informação 😉

Um bjo

Dra. Kelly Marques Oliveira

Pediatra, Alergia e Imunologia e Consultora Internacional de Amamentação (IBCLC) – CRM 145039

E aí gostou do conteúdo? Espero que tenha ajudado a esclarecer dúvidas! Compartilhe! E você sabia que dá para receber o conteúdo do blog direto no seu email? É só se cadastrar! Só fazer o cadastro na nossa newsletter e colocar seu email! Não se preocupe pois somos contra spam, e você receberá somente os conteúdos relevantes. Estamos também no Facebook (curta e coloque para “ver primeiro” nas opções) e instagram @pediatriadescomplicada (ative as notificações para visualização).

Consultório Espaço Médico Descomplicado – São Paulo: (11) 5579-9090/ whatsapp (11) 93014-0007

Você pode gostar também de:

photo credit: https://img0.etsystatic.com/000/0/5469109/il_340x270.86436614.jpg

23 Comments

  • Melissa Oliveira 01/02/2015 Reply

    Excelente post…minha esperança é q essa alergia passe com o tempo.
    Fiz LM até os 10 meses, qdo comecei com o aptamil e ao cair uma gota da fórmula no rosti nho dela sem nem ingerir, ela quase teve fechamento de glote…fficou com os olhos inchados, e o corpo inteiro cheios de placas e completamente vermelho! Um desespero!
    Me pergunto o pq disso, já q durante a gravidez e o período de amamentação,me alimentei bem como nunca, com alimentos super saudáveis e orgânicos.
    Obrigada por nos ajudar com tantas informações pertinentes.

    • Olá querida mamãe Melissa, que bom que ajudou a esclarecer esse assunto. Sua filha teve uma reação muito forte e deve ser acompanhada de perto. Quanto mais você conseguir manter o aleitamento materno melhor, pois outros leites ela não poderá tomar. Você não fez nada de errado. A alergia tem mecanismos complexos que relacionam-se com a resposta imunológica própria da criança. Continue acompanhando as novidades por aqui! Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o receber notificações, para receber aviso dos posts novos) e instagram (@pediatriadescomplicada) Um bjo, Dra Kelly

  • Jaqueline Magalhães 24/10/2015 Reply

    Olá doutora. Estou quase ficando louca. E o pediatra fala pouco. Minha bebê tem 3 meses. Suspeitamos do leite desde os primeiros 20 dias de vida.
    Refluxos, soluços, cocô verde… Mas o pediatra achou que o refluxo devia ser tratado com medicamento e passou Motilium. Melhorou bastante os vômitos.
    Há 12 dias exclui por completo leite e derivados. Mas minha bebê começou a fazer cocô verde com muco e uns traços de sangue há 4 dias. Estou preocupada.
    Ela nasceu com 3,270 kg. No primeiro mês pesou 4,130 kg, no segundo 4,820 kg. E agora no terceiro está com 5,400 kg. Esse é um baixo ganho de peso? Me preocupa. Ela pode ficar anêmica?
    Obrigada.

  • CYNTHIA KARLLA 03/04/2018 Reply

    Se o bebê possui essa alergia a mãe que amamenta não pode usar nem cosméticos que possuam leite?

    • Dra. Kelly Marques Oliveira - Pediatra 20/04/2018 Reply

      Olá Cynthia boa tarde, a resposta para esta pergunta é depende, depende do grau de alergia do bebê, há bebê que toma leite e só fica com gases e os pais descobrem tardiamente a alergia.
      Um bjo

      Dra Kelly

  • Vilma 30/06/2019 Reply

    Dra , estamos no aleitamento materno
    Meu bebê tem alpv com sangue nas fezes
    Estou na dieta , comprei uma Manteiga vegana veghee no rótulo Diz sem lactose
    Porém contém textura e aroma idênticos Ao da manteiga tradicional
    Mandei e e-mail e o sac me informou que é sintético neste caso tem problema?

    • Sac Blog 20/07/2019 Reply

      Olá mamãe,

      Obrigada pela interação em minhas redes, entretanto o Conselho Federal de Medicina não nos permite dar condutas pela internet, cada paciente é único e é necessário uma avaliação completa para entender o que está acontecendo, e atender com todo carinho e atenção que merecem.

      Um bjo, Dra Kelly.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja muito bem-vindo!
Quer receber Nossa newsletter coloque seu melhor email

(Não se preocupe, somos contra spam)