urso

Notícia que bebê “morre de fome” aos 7 meses levanta alerta aos pais

Essa semana foi vinculada uma matéria na mídia com o título:

“Bebê de 7 meses morre porque seus pais só lhe davam alimentos sem glúten” 

Cuidado com matérias com títulos bombásticos. A primeira coisa é entender o que aconteceu de fato. Antes de virmos com vários julgamentos, precisa ficar claro uma coisa: a matéria é bem sensacionalista, e coloca logo no título que a criança morreu porque estava em restrição de lácteos e glúten, mas não é bem por aí. Mas vamos aproveitar o ensejo e falar um pouco sobre o assunto, e a mensagem importante que isso nos traz. Leia o post até o final, pois não quero que fique um mal entendido ok?

Tudo bem você ser natureba, tomar leite sem lactose, ou leite vegetal, fazer dieta sem glúten, fazer jejum intermitente, dieta low carb, mas um bebê precisa de alimentos adequados no primeiro ano de vida!

✔Essa criança provavelmente veio a óbito devido a DESNUTRIÇÃO ENERGÉTICO-PROTÉICA grave, porque fez restrição de determinados alimentos essenciais ao seu desenvolvimento!

✔Os pais NÃO fizeram um acompanhamento adequado com médico e nutricionista, o que é importantíssimo no primeiro ano de vida da criança, PRINCIPALMENTE em crianças com alguma restrição alimentar, seja por intolerância, alergia ou distúrbio metabólico.

✔O leite é o PRINCIPAL alimento da criança no primeiro ano de vida, sendo preferível o leite materno, claro, mas na impossibilidade do aleitamento materno, deve ser substituído por fórmula infantil adequada à idade. Na vigência de alergia, fórmula proteica extensamente hidrolisada ou aminoácidos, ou proteína de soja, porém com TEOR PROTÉICO, CALÓRICO e de outros suplementos adequados e seguros para idade! A substituição deve ser feita com acompanhamento médico e de nutricionista.

✔Leite vegetal NÃO é um substituto equivalente de leite de vaca, muito menos fórmula infantil! Leite vegetal tem alto teor de CARBOIDRATOS, mas baixo teor PROTEICO, e não devem ser usados como SUBSTITUTOS de leite materno ou fórmula infantil.

✔Leite de vaca em menores de 1 ano de idade também NÃO é um substituto adequado ao leite materno, pois há elevado teor proteico (em excesso), de eletrólitos, e baixo teor de ferro, entre outras coisas. Isso pode levar à  sobrecarga renal no bebê, e perda sanguínea com anemia, além de diarréia com desidratação!

✔A introdução alimentar é um momento essencial na vida de um bebê, que idealmente deve ser iniciada aos 6 meses de idade, após aleitamento materno exclusivo, porém NÃO deve ser postergada, pois a partir daí há uma necessidade real do bebê de adquirir mais nutrientes ALÉM do leite materno, apesar deste continuar sendo de extrema importância.

✔Dentro de uma introdução alimentar adequada, deve haver alimentos de todos os grupos alimentares, com proteínas de origem animal e vegetal, carboidratos como tubérculos, raízes, cereais, folhas, grãos e óleo vegetal como azeite extra virgem. Faça um pratinho com um alimento de cada grupo, colorido.

✔Não prive seu filho de nenhum alimento, a não ser que haja uma necessidade real de exclusão, como intolerância ou alergia. Sendo um alimento natural e saudável, não industrializado, seu filho precisa comer “de tudo”.

✔Dietas vegetarianas, veganas, seja por filosofia ou por escolha, devem ser feitas com acompanhamento próximo de médico e nutricionista, pois há risco do bebê não receber todos os nutrientes necessários para seu crescimento e desenvolvimento, e pode haver necessidade de suplementação. Não faça nada sem acompanhamento adequado.

✔Os primeiros mil dias de uma criança, que compõem o período de gestação mais os 2 primeiros anos da criança são essenciais na construção de hábitos saudáveis, que a criança levará para o resto da vida.

Esse trágico acontecimento deve ser um alerta para que prezemos pelo equilíbrio e saibamos que não podemos nos perder nos modismos e esquecer que a boa nutrição é algo que vai além disso.

Um abraço,

Dra. Kelly Marques Oliveira

Pediatra, Alergista e Consultora Internacional de Amamentação (IBCLC) – CRM 145039

Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o receber notificações, para receber aviso dos posts novos) e instagram (@pediatriadescomplicada).

Consultório Espaço Médico Descomplicado – São Paulo: (11) 5579-9090/ whatsapp (11) 93014-0007

Deixe uma resposta