urso

Como doar leite materno

doe leite materno, leite materno salva vidas

Hoje é o dia mundial de Doação de Leite Humano. Você pode doar leite o ano todo, mas essa Campanha visa aumentar o número de doações nos postos de coleta! Você sabia que uma quantidade de somente 100ml de leite materno pode alimentar vários bebês prematuros? Que o leite humano é o melhor leite para os bebês, e reduz o índice de Enterocolite Necrotizante nas UTI neonatais? O leite materno é o melhor alimento pro bebê, sempre!

 

Quem pode ser doadora de leite humano?

Algumas mulheres quando estão amamentando produzem um volume de leite além da necessidade do bebê, o que possibilita que sejam doadoras de um Banco de Leite Humano.

De acordo com a legislação que regulamenta o funcionamento dos Bancos de Leite no Brasil (RDC Nº 171) a doadora, além de  apresentar excesso de leite, deve ser saudável, não usar medicamentos que impeçam a doação e se dispor a ordenhar e a doar o excedente.

Como doar?

Se você produz bastante leite e gostaria de doar leite, entre em contato com um Banco de Leite Humano. Doar leite materno é doar vida! Muitos bancos de leite vão atá sua casa para buscar o leite para doação. Informe-se!

Posso doar leite humano para alguém conhecido? 

A lei brasileira regulamenta a doação de leite materno apenas para as Unidades de Terapia Intensiva  Neonatal.Esse leite passa por um rigoroso controle de qualidade, pasteurização e então distribuição. A doação de leite humano de outra forma não é regulamentada e pode ter riscos.

Como preparar o frasco para coletar o leite humano?

– Escolha um frasco de vidro com tampa plástica, pode ser de café solúvel ou maionese, por exemplo.
– Retire o rótulo e o papelão que fica sob a tampa e lave com água e sabão, enxaguando bem
– Em seguida coloque em uma panela o vidro e a tampa e cubra com água, deixando ferver por 15 minutos (conte o tempo a partir do início da fervura)
– Escorra a água da panela e coloque o frasco e a tampa para secar de boca para baixo em um pano limpo
– Deixe escorrer a água do frasco e da tampa. Não enxugue
– Você  poderá usar quando estiver seco

Como se preparar para retirar o leite humano (ordenhar)? 

Veja mais em Como armazenar leite materno: o que você precisa saber

O leite deve ser retirado depois que o bebê mamar ou quando as mamas estiverem muito cheias.

Ao retirar o leite é importante que você siga algumas recomendações que fazem parte da garantia de qualidade do leite humano distribuído aos bebês hospitalizados:

1- Escolha um lugar limpo, tranquilo e longe de animais
2- Prenda e cubra os cabelos com uma touca ou lenço
3- Evite conversar durante a retirada do leite ou utilize uma máscara ou fralda cobrindo o nariz e a boca
4- Lave as mãos e antebraços com água e sabão e seque em uma toalha limpa

Como retirar o leite humano (ordenhar)?

Veja mais em Como retirar o leite materno? – Orientações

Comece fazendo massagem suave e circular nas mamas.

Massageie as mamas com as polpas dos dedos   começando na aréola (parte escura da mama) e, de forma circular,  abrangendo toda mama.

É ideal que o leite seja retirado de forma manual:

– Primeiro coloque os dedos polegar e indicador no local onde começa a aréola (parte escura da mama)
– Firme os dedos e empurre para trás em direção ao corpo
– Comprima suavemente um dedo contra o outro, repetindo esse movimento várias vezes até o leite começar a sair
– Despreze os primeiros jatos ou gotas e inicie a coleta no frasco.

Se você estiver com dificuldade de retirar seu leite, procure apoio no Banco de Leite Humano mais próximo de você.


Como guardar o leite retirado para doação?

O frasco com o leite retirado deve ser armazenado no congelador ou freezer
Na próxima vez que for retirar o leite, utilize outro recipiente esterilizado e ao terminar acrescente este leite no frasco que está no freezer ou congelador.

O leite pode ficar armazenado congelado por até 15 dias.

O leite humano doado, após passar por processo que envolve seleção, classificação e pasteurização, é distribuído com qualidade certificada aos bebês internados em unidades neonatais.

Não deixe de doar mamães! Se você pode, doe!

Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o “ver primeiro”, para receber aviso dos posts novos) e Instagram (@pediatriadescomplicada, ative o “receber notificações”).

Dra Kelly Marques Oliveira

CRM 145039

Consultório particular em São Paulo: (11) 5088-6699 ou (11) 93014-0007 – whatsapp

Imagem: justica.gov.br

Fonte: http://www.redeblh.fiocruz.br/

3 Comments

  • Tamara 19/05/2016 Reply

    Olá. Eu doei leite durante 6 meses para o banco de leite do Hispital da Usp. Toda semana uma profissional vinha à minha casa para trazer os frascos, já esterelizados, para armazenamento do leite. Ensinam como extrair o leite, cedem bombas para auxiliar, dão tocas para os cabelos e máscaras para não contaminar o leite durante a extração. Coletam até sangue em casa para garantir que estamos com saúde boa para doação do leite. É muito gratificante saber que pude ajudar bebês na UTI.

  • Catiana 20/05/2016 Reply

    Não é até 3 meses que pode deixar congelado o leite materno???

  • Tati 20/05/2016 Reply

    Essa imagem encheu meus olhos de lágrimas…. eu doei leite até o 6° mês e agora com 10 meses voltei a doar de novo. Sou uma mulher abençoada e tenho muito leite. Tenho a bomba Medela Swing extração rápida e fácil de tirar.

    Minha filha fica na escolinha, deixo meu leite ordenhado lá, mas mesmo assim sobra leite, para não jogar fora, voltei a doar, vai uns 500 ml por semana. Antes eu doava até 1500 ml por semana. Minha filha teve aleitamento materno exclusivo até os 6 meses e dias. E ainda hoje tem muita “teta”. Graças a Deus, nunca precisei complementar. Ela está com o peso ótimo. Nasceu com 2460 kg.

    Eu tiro de 300 a 350 ml por dia, minha minha toma no máximo 200 ml por dia. Eu amamento ela no almoço e agora ela come bem as 4 refeições.

    Não tenho como explicar, mas felicidade invadiu meu coração quando vi que podia doar de novo. Agradeço a Deus por isso.

    Vendo essa imagem, me comoveu muito.

    Obrigada por compartilhar essas informações.

    Abraços
    Tatiane

Deixe uma resposta