urso

Alerta: desaparecimento de crianças

criança desaparecida, sequestro criança, pediatria descomplicada, dra kelly oliveira

 

Olá queridos papais e mamães

Férias escolares é um período de muita agitação, praias e shoppings lotados e muita criança passeando por aí…

Com tanta gente na rua, temos que tomas cuidados com os riscos de desaparecimento de crianças e sequestro. Segundo a ONU, a estimativa é que mais de 50 mil crianças desapareçam no Brasil por ano.

Recebi um alerta da Sociedade Brasileira de Pediatria falando sobre esse assunto, e como devemos proceder tanto para evitar que aconteça, e o que fazer se seu filho for vítima de sequestro ou desaparecimento. 

Existe uma Lei Federal nº 11.259/2005, que é conhecida como Lei da “busca imediata”, em que a criança deve ser procurada imediatamente assim que realizada a  a ocorrência policial.

É importante também que médicos pediatra,s principalmente em pronto atendimentos, observem como que a criança se comporta com o acompanhante, que pode se dizer pai ou mãe. Se a criança demonstrar medo, choro, aparência assustada, ou se tiver marcas de violência interpessoal, fique alerta! Essas são algumas das recomendações do Conselho Federal de Medicina, veja as recomendações na íntegra no link em negrito.

Como prevenir o desaparecimento de crianças:

  1. Ensine ao seu filho o nome completo do papai e da mamãe. 
  2. Ensine seu filho o seu nome completo, endereço e telefone da sua casa. 
  3. Faça o RG (Registro de Identidade Civil) do seu filho quanto antes.
  4. Oriente o seu filho a nunca dar informações a qualquer estranho que se aproxime.
  5. Oriente o seu filho a não receber doces, balas e brinquedos de desconhecidos.
  6. Oriente seu filho a não pedir carona e nem aceitar convites de desconhecidos para qualquer evento ou programa.
  7. Garanta que o seu filho esteja sempre acompanhado de alguém de confiança da família.
  8. Converse sempre com seus filhos, saiba o que eles estão pensando e se existe algum comportamento suspeito de alguém.
  9. Conheça as pessoas que convivem com seu filho.  Participe de programações e eventos que envolvam o seu filho, como aniversários e festinhas da escola.
  10. Brinque com segurança. Não deixe seu filho brincar na rua ou perto de casa ou dentro do condomínio sem a companhia de um adulto conhecido e de confiança da família.
  11. Deixe uma pulseirinha de identificação com o seu filho, como uma medalha no bolso ou pendurada, utilize-a em viagens e passeios.
  12. Preste atenção no conteúdo que o seu filho vê na Internet e com que pessoas se relacionam nas redes sociais (Facebook, e-mail, whatsapp).
  13. Grave telefones úteis e deixe próximo ao telefone como a Polícia 190, Bombeiro 193 e SAMU 192.
  14. Lembre-se: “Acidentes são evitáveis e violência previsível”.

Como devo proceder em casos de desaparecimento:

– Comunique imediatamente à polícia o desaparecimento de uma criança ou adolescente, para que as buscas sejam iniciadas o mais rapidamente possível
– Denuncie para o Disque 100.

Peço aos pais que compartilhem essa notícia para que nada disso ocorra com o nosso bem mais precioso! 

Aqui segue também o link que recebi da SBP.

http://www.sbp.com.br/show_item2.cfm?id_categoria=52&id_detalhe=4742&tipo_detalhe=S

Um abraço,

Dra. Kelly Oliveira

CRM 145039

photo credit: http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/5/58/Happy_Mother’s_Day.jpg

One Comments

  • Josemeire Gomes de macedo 04/01/2017 Reply

    Grande alerta
    A POLÍCIA diZ que não há históricos
    De de desaparecimento. .
    Mas A onu diz 50mil crianças
    Por ano desaparecidas?
    Aposto que quase ninguém
    Sabe disso! Estou chocada!

Deixe uma resposta