urso

A vacina contra Meningo B é importante? Saiba mais sobre ela

 

Ninguém quer nem sequer ouvir essa palavra: meningite. A meningite é uma doença grave e fatal. Vira e mexe aparecem relatos de casos de crianças que tiveram meningite, e aí bate aquele desespero: preciso vacinar meu filho!

Calma, eu sei que temos esse ímpeto. Apesar dos relatos, felizmente não há epidemia de meningite no Brasil (senão estaríamos perdidos!) e a cobertura vacinal pelo programa Nacional de Imunizações melhorou muito, o que contribuiu para uma melhor proteção de todos, porém ainda existem algumas vacinas que o governo não dá. Uma delas é a vacina contra Meningococo do tipo B.

Entenda melhor porque a meningite é uma doença tão grave, quais são os grupos de risco mais vulneráveis à doença e qual o esquema de vacinação.

Leia mais sobre meningite aqui

Você sabia que o risco de doença meningocócica em crianças menores de um ano de idade, é três vezes maior que uma criança de um a quatro anos de idade e é seis vezes maior comparado a uma criança de cinco a nove anos de idade?

Por isso a importância da proteção contra a doença meningocócica dos sorogrupos A,B,C,W e Y dos bebês até um ano de idade, pois o pico dos casos confirmados ocorre em torno dos 5 meses de vida. A doença é transmitida através de contato próximo e principalmente aglomerações, por isso é preciso tomar cuidado com bebês recém nascidos ainda não vacinados.

Quem pode pegar a Meningite?

  • Todo podem pegar,  já que é uma doença contagiosa. Bebês fazem parte do grupo mais vulnerável, crianças menores de 5 anos e adolescentes estão em maior risco que pessoas com mais idade, adultos viajantes estão mais expostos e idosos são imunologicamente mais suscetíveis.

Quais são os principais sintomas?

  • Dor de cabeça,
  • febre,
  • vômitos,
  • irritabilidade,
  • confusão mental,
  • rigidez na nuca.
  • Em crianças menores de 1 ano dificilmente observamos rigidez de nuca, pois é de difícil avaliação, e os sinais são inespecíficos, como somente uma irritabilidade da criança ou hipoatividade.
  • A fontanela, também conhecida como “moleira”, pode estar abaulada.

É grave?

Sim. A meningite é uma doença que tem alta mortalidade, de 10 a 15%. Apesar do tratamento adequado, pode causar sequelas para o resto da vida.

A vacinação é a forma mais eficaz de prevenir a doença!

Hoje vamos falar em especifico da Vacina contra Meningite  do tipo B.

Com a instituição da vacina, houve uma queda significativa da mortalidade, que sem tratamento adequado chega a 90%.

A vacina protege contra a meningite do tipo B, com uma prevalência de 20% no Brasil, sendo 70% do tipo C e 10% tipo W e Y.

  • A Neisseria meningitidis (meningococo) é uma bactéria que apresenta alguns sorogrupos na Natureza, sendo os sorogrupos A, B, C, W 135 e Y os mais frequentes associados à doença invasiva.
  • A distribuição dos sorogrupos varia conforme a região/pais e a indicação de vacinação acompanha esta distribuição.
  • É uma vacina inativada, portanto, não causa infecção.

Como funciona as doses da vacina?

  • Para crianças entre 2 a 5 meses: A vacina pode ser dada a partir dos 2 meses, sendo 3 doses com intervalo de 2 meses entre elas. Uma dose de reforço deve ser aplicada entre 12 e 23 meses de idade.

·         Para crianças entre 6 a 11 meses: 2 doses, com intervalo de 2 meses entre elas e uma dose de reforço deve ser aplicada entre 12 e 23 meses de idade.

·         Acima de 1 ano de idade: 2 doses, com intervalo de 2 meses, sem necessidade de reforço.

  • Maiores que 11 anos, adultos: 2 doses com intervalo mínimo entre as doses de um mês.

 

Quais são as reações mais comuns após a vacina?

Febre, dor, inchaço, vermelhidão e induração no local da aplicação, irritabilidade, distúrbios alimentares, dor de cabeça, sonolência, choro incomum (crianças até um ano), dor muscular e dor na articulação.

 

Um bjo

Dra. Kelly Marques Oliveira

CRM 145039

Pediatra, Alergia e Imunologia e Consultora Internacional de Amamentação 

Consultório Espaço Médico Descomplicado – São Paulo: (11) 5579-9090/ whatsapp (11) 93014-0007

Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o “ver primeiro”, para receber aviso dos posts novos) e Instagram (@pediatriadescomplicada, clique no canto superior direito “ativar notificações de publicação”).

  • Para mais informações entre em contato conosco em nosso telefone:
    ☎ (11) 5083-1818
  • Ou envie sua mensagem em nosso WhatsApp:
    📲 (11) 99866-1107
  • Acesse o nosso site: www.vacinadescomplicada.com

Deixe uma resposta