urso

O bebê quer mamar toda hora e está agitado no peito? Pode ser salto

bebe no salto

 

Uma situação muito comum que as mamães passam são os chamados saltos de crescimento. Muitas vezes, só sabemos que ele ocorreu quando acaba. Os saltos de crescimento são extremamente comuns na vida de um bebê, principalmente no primeiro ano de vida. Podem ser mais longos do que imaginamos e dá uma canseira danada! Por insegurança, falta de experiência e desinformação, muitas mães acabam achando que o seu leite não sustenta, e acabam introduzindo complemento. Na verdade, os saltos de crescimento são um ponto crítico da amamentação de um bebê, em que a mãe precisa de muito apoio e ajuda para continuar firme!

Vamos entender então porque eles ocorrem, quando ocorrem e o que fazer quando passar por eles!

O que é um salto de crescimento?

Um salto de crescimento nada mais é do que um momento em que o bebê está crescendo mais rapidamente, ou está passando por alguma aquisição no seu desenvolvimento e necessita de muito mais energia que o habitual para isso. Lembra da fome dos adolescentes quando estão passando pela fase da puberdade? Num bebê, é mais ou menos por aí, porém muito mais intenso e frequente! O apetite dos bebês nessa fase é voraz (e coloca voraz nisso) e parecem que querem mamar toda hora. O sono do bebê e a rotina nessa fase também pode ficar extremamente bagunçada e difícil. Os saltos podem durar dias a semanas, e o grande segredo é permanecer firme e atender à demanda do seu bebê!

No salto, o bebê mama com mais frequência, e isso acontece para que o corpo da mãe também consiga se adaptar à nova demanda do bebê, com o aumento da sua produção. A produção de leite é regulada pelo grau de esvaziamento da mama, ou seja, pelo quanto o bebê mama no peito. Quanto mais o bebê mama, mais irá produzir. Assim, quando seu bebê mama a todo momento nessa fase, ele está dizendo ao seu corpo: produza mais leite! Pode demorar alguns dias para ocorrer esse ajuste, e aguentar firme nessa fase é importante. Veja como a produção de leite funciona no seu corpo.

Quando os saltos de crescimento ocorrem?

Os momentos mais comuns de ocorrerem saltos de crescimento são durante os primeiros dias de vida do bebê, e por volta dos 7 a 10 dias, entre 2 e 3 semanas, 4 a 6 semanas, 3 meses, 4 meses, 6 meses e 9 meses. Ufa! Deu para perceber que é algo bem frequente nos primeiros dias de vida né? Claro que esses períodos não são exatos e bebês não leem calendários, mas o mais importante é estar atento a mudanças de comportamento do seu bebê. Outros saltos também podem acontecer após o primeiro ano, e a mãe pode notar que eles virão em alguns momentos na infância e adolescência também.

Quanto tempo os saltos de crescimento duram?

Saltos costumam durar em seu período de ápice e de dias mais agitados, 2 a 3 dias, podendo se estender por uma semana ou mais. Muitas vezes o bebê emenda um salto no outro, com apenas alguns dias de calmaria (tenso nível hard!).
Como lidar com os saltos de crescimento da melhor forma?

  • Siga seus instintos maternos. Esteja perto da sua cria e passe o dia todo grudadinho nela. Essa é a melhor forma de passar pelo salto de crescimento. Deixe seu corpo responder à demanda do seu bebê. Empodere-se!
  • Preste atenção naquilo que seu bebê está dizendo. Procure entender o seu bebê, e ler aquilo que ele precisa. Fique junto dele o tempo todo.
  • Peça ajuda para outras pessoas. Se conseguir, peça para alguém te ajudar com o serviço de casa. Tenha alguém para te ajudar a fazer a comida e outras coisas. Deixe seu marido dar o banho no bebê. Aprenda a delegar coisas.
  • Descanse quando o bebê descansar. Alimente-se bem e tome muita água!
  • Siga aquilo que seu bebê pedir. O bebê irá automaticamente conseguir mais leite ao amamentar com mais frequência, e sua produção de leite também irá aumentar com o aumento da demanda. Complementar com fórmula nesses dias é dizer ao seu corpo que não há necessidade de produzir mais!
  • Procure apoio de pessoas que possam ajudá-la nessa fase. Pode ser da mãe, do pai ou companheiro, da dinda, da amiga e de grupos de apoio! É importante saber que você não fique sozinha nessa. Procure ajuda especializada se precisar!

Veja aqui dicas para aumentar a produção de leite.

E como tem sido por aí? Você já passou por algum salto de crescimento? Compartilhe com a gente sua experiência!

Um bjo

Dra. Kelly Marques Oliveira

CRM 145039

Pediatra, Alergia e Imunologia e Consultora Internacional de Amamentação 

Consultório Espaço Médico Descomplicado – São Paulo: (11) 5579-9090/ whatsapp (11) 93014-0007

Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o “ver primeiro”, para receber aviso dos posts novos) e Instagram (@pediatriadescomplicada, clique no canto superior direito “ativar notificações de publicação”).

Texto publicado originalmente no blog da Lansinoh: www.lansinohbrasil.com.br/blog escrito também pela Dra Kelly, postado aqui com algumas adaptações da autora

2 Comments

  • Edilaine Miron 31/07/2017 Reply

    E durante a introdução alimentar? Como fica a produção de leite? Diminui?

  • Josiane 31/07/2017 Reply

    Gostei muito da matéria meu bebê passou por um salto a poucos dia ele estava com 3 meses eu não entendi o que estava acontecendo, agora eu entendi. Mamava muito e ficava super agitado no peito. Perguntei a pediatra e ela disse para dar mama só de 3 em 3 horas e retirar as mamadas da noite pq ele tinha ganhado 1 kilo e crescido muito. Ainda bem que não dei ouvidos e continuei dando o qto ele quis.

Deixe uma resposta