urso

Não pega esse vento gelado menino! – o tempo frio causa gripe?

tempo frio, gripe, resfriado, vacinação, influenza, h1n1, pediatria descomplicada

 Existe na cultura popular a idéia que o frio deixa as pessoas doentes, e é perigoso pegar um vento gelado nas costas, sair com o cabelo molhado, andar descalço sem meia…de fato, ficamos mais doentes no inverno, mas o frio não “passa” gripe. Saiba porque. 

Mito # 1 Você pode pegar um resfriado se tomar vento gelado

Porque não é verdade: O frio não é capaz de causar gripe ou resfriado, mas sim os vírus . De fato mais pessoas ficam doentes no inverno, mas não por causa do frio diretamente. A razão é devido a uma coisa: as pessoas ficam aglomeradas em lugares fechados, sem ventilação, com janelas fechadas. Além disso a pessoas ficam mais próximas umas das outras, tossem e assoam o nariz, transmitindo doenças mais facilmente. Assim o vírus se espalha mais facilmente, de pessoa a pessoa. O tempo seco também facilita a proliferação e sobrevivência do vírus no ar! Veja 2 estudos que mostraram isso:  Estudo com estudantes em aglomerados e sobre a sobrevivência do vírus Influenza A e a umidade do ar. 

Mito # 2 Se você não tem febre, não é contagioso 

Porque não é verdade: Se você tem um resfriado, o período de maior contágio é nos 3 primeiros dias, com ou sem febre, e mesmo ANTES dos sintomas, você já transmite a doença. A transmissão ocorre 24h antes dos sintomas e até 5 dias depois. Algumas crianças podem transmitir por até mais de uma semana.

Mito # 3 Nariz escorrendo e espirros é sinônimo de resfriado ou gripe 

Porque não é verdade: Nem todo espirro é gripe, nem toda coriza nasal é resfriado. De fato, para as pessoas alérgicas, e mesmo as não alérgicas a poluição ambiental é um irritante direto das vias aéreas, e o ar seco do inverno costuma piorar os sintomas de quem tem asma e rinite alérgica, por exemplo. Isso pode muitas vezes se confundir com resfriado e mesmo se sobrepor a alguma infecção.

Asma e rinite podem sim piorar com o tempo frio, devido princiaplmente ao tempo mais seco, associado à grande variação de temperatura ao longo do mesmo dia. Isso pode precipitar crises de asma se a criança não está bem controlada por exemplo. Além disso, gripes e resfriados funcionam como “gatilhos para desencadear uma crise.

Mito #4: O resfriado pode virar gripe

Porque não é verdade: A gripe e o resfriado comum pode ser causado por vírus diferentes. O que ocorre não é “virar gripe. Se seu filho pegar uma gripe, o vírus da gripe é que causou a doença desde o início. Veja as diferenças entre gripe e resfriado no post. Saiba a diferença entre gripe e resfriado 

Os sintomas de gripe e resfriado são muito semelhantes, com quadro de tosse, febre, coriza nasal, porém os sintpmas de gripe são muito mais intensos, a ponto da pessoa ficar literalmente “de cama”. Os resfriados geralmente não causam febre, ou febre baixa, com tosse e coriza nasal, e não passam disso.

Existe o teste rápido para H1N1, que em épocas de inverno é interessante fazer se você for ao hospital e estiver disponível. Além disso, alguns hospitais também fazem pesquisa de vírus respiratórios quando a criança tem sintomas de bronquiolite, uma complicação comum de um resfriado, por exemplo.

Mito # 5: A gripe não é assim tão grave

Porque não é SEMPRE verdade: A maioria das pessoas pode pegar gripe e não ter nada grave, apenas ficar alguns dias de cama em casa. Porém o vírus da Influenza A, H1N1, foi responsável por inúmeras mortes ainda nesse ano, e muitas hospitalizações.  A boa notícia é que já existe vacina para o vírus, inclusive fornecida pelo SUS gratuitamente. É preciso ficar de olho, pois os grupos de risco para complicações incluem crianças até 5 anos, gestantes e idosos. Algumas complicações relacionadas à gripe são: pneumonia, sinusite e otite. Crianças com asma, por exemplo, tem maior risco de complicações também.

Mito # 6: Ficar longe de pessoas doentes é o único jeito de não pegar gripe e resfriado

Porque não é SEMPRE verdade: É importante não ter contato com pessoas doentes, mas não é GARANTIA que seu bebê não ficará doente. Como muitas pessoas já transmitem o vírus mesmo sem ter os sintomas ainda, não há como saber quem passou a doença. É importantíssimo vacinar para gripe para evitar complicações, inclusive de toda a família quando possível. Outras dicas pra evitar a gripe no post.

Mito # 7: Se você pegar resfriado, está protegido de pegar outros resfriados

Porque não é verdade: Embora logo após um resfriado você fique imune àquele vírus que causou a doença, existem milhares de vírus diferentes responsáveis por causar resfriado e gripe, por isso uma criança pode ter 8 a 12 resfriados por ano! Com a gripe a mesma coisa, e a vacina da gripe protege somente contra alguns sorotipos, inclusive o H1N1, o mais grave e responsável pela epidemia de gripe suína em 2009 e vários casos com complicações esse ano, inclusive.

 Mito # 8: Xarope e antigripais tratam o resfriado 

Porque não é verdade: Xaropes e antigripais não fazem milagre, nem “curam” gripe e resfriado. Alguns medicamentos podem aliviar os sintomas que o resfriado causa, mas não curam a doença! Alguns medicamentos inclusive NÃO devem ser utilizados em crianças. Sempre consulte o seu médico antes de usar qualquer medicação. O melhor remédio para gripe é: repouso, tome bastante líquidos, faça inalação com soro, lavagem nasal e se houver sintomas de falta de ar, procure o médico. O bom e velho xarope caseiro com mel é ótimo, e pode ser usado para crianças acima de 1 ano.

Por favor, não estou dizendo que você não deve deixar seu filho desagasalhado por aí, não é para ele passar frio, claro! Como medidas de cuidado, vale sim uma boa higiene nasal nesse inverno, use umidificadores de ar, lave bem as mãos e evite lugares fechados se você tem um bebê pequeno! Se seu filho quer “brincar lá fora”, agasalhe-o bem e deixe-o brincar!

Espero que tenha ajudado a esclarecer bem esse assunto!

Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o “ver primeiro”, para receber aviso dos posts novos) e Instagram (@pediatriadescomplicada, clique no canto superior direito “ativar notificações de publicação”).

Dra Kelly Marques Oliveira

Pediatra e Consultora Internacional de Amamentação (IBCLC)

CRM 145039

Consultório particular em São Paulo: (11) 5088-6699/ Whatsapp (11) 93014-0007

Referências Bibliográficas 

  • http://www.parents.com/health/cold-flu/cold/12-cold-flu-myths/?slideId=37140
  • http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22110607.
  • http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21731764

3 Comments

  • Glaucia Barreto 04/07/2016 Reply

    E quanto a dor de ouvido? É verdade que vento forte pode causar otite?

  • michele 05/07/2016 Reply

    eu adorei isso tudo que a pediatra legal mandou para mim eu preciso muito meu filho tem rinite e asma que DEUS te proteja sempre

Deixe uma resposta