urso

10 dicas para aliviar a cólica em bebês

colica em bebes, cólica em bebês, pediatria descomplicada, dra kelly oliveira

Esse tema é um dos mais procurados aqui no blog, e apesar de já ter escrito bastante sobre ele (veja os posts Cólica em bebês parte 1, Cólica parte 2Cólica parte 3 e Cólica parte 4) vale a pena colocar aqui mais algumas dicas para aliviar esse sintomas tão difícil de lidar!

 Como lidar com os sintomas de cólica

Apesar do que muito se estuda e sabemos sobre a cólica em bebês, não há um entendimento completo sobre o assunto. Apesar disso, duas coisas importantes nós sabemos. Primeiro, o bebê está com dor e tensão no abdomen. Segundo, o bebê fica bastante irritado com isso. Dessa forma, o tratamento será feito de forma a relaxar o bebê, principalmente a musculatura abdominal.

A maioria das medidas para aliviar as cólicas será relacionada a acalmar o bebê e relaxá-lo através do toque certo no momento certo.

1. Devagar e sempre, mamadas mais eficientes

Mamadas rápidas e curtas, ou com a pega incorreta pode levar o bebê a mamar de forma ineficaz e ingerir mais lactose em relação à gordura do leite materno (veja o post sobre leite anterior e posterior aqui). A lactose é um carboidrato que ao ser quebrado libera gases, e isso pode aumentar as cólicas no bebê. Garantir uma mamada correta, com a pega e posição adequados é a chave para melhorar as cólicas no bebê amamentado. Isso também fará com que o bebê engula menos ar durante as mamadas, e portanto, menos gases. O estômago do bebê é mais ou menos do tamanho do seu punho fechado, por isso é necessário mais mamadas ao longo do dia, principalmente nos períodos de picos de crescimento e quando é recém nascido.

Para saber mais:

2. Formas de carregar o bebê 

Existem algumas posições que funcionam bem quando o bebê está com cólica. Veja algumas:

Bola de jogador de futebol americano. A preferidas dos papais. Coloque o seu bebê com o estômago para baixo sobre o seu antebraço, a cabeça próximo do seu cotovelo e as pernas próximo das mãos. Ou então inverta a posição com a cabeça próximo da sua mão, segurando a bochecha.

Pescoço apoiado. Coloque a cabeça do bebê entre o seu queixo e o peito. Balance seu corpo para frente e para trás, enquanto canta uma música baixinho e monótona. Isso ajudará a tirar a tensão do seu bebê. Faça uma caminhada com o bebê, para distraí-lo e tirar a tensão.

3. A dança da cólica 

Cólica é algo que deixa o bebês (e os pais também) muito aflitos. Balançar o bebê, como numa dança pode ajudar nesse momento. Faça movimentos em 3 planos: para cima e para baixo, de um lado para o outro e para frente e para trás. Lembre-se que no útero ele balançava bastante! Coloque o bebê nas posições descritas acima e dance com ele! Coloque uma música e conte “1 e, 2 e, 3 e, 4 e…”. Você pode ainda tentar acalmá-lo amamentando e balançando (tente fazer isso sentada sobre uma bola de pilates, por exemplo). Diminua o balanço conforme o bebê acalma.

Lembre-se que o balanço deve ser algo tranquilo e não um reflexo da sua própria ansiedade com a situação. Se você não estiver num dia bom, estressado ou nervoso, acalme-se antes. Os bebês são extremamente sensíveis ao ambiente e você passará esse estresse e ansiedade para o bebê.

4. Gases no bebê 

Quando o bebê está no ápice da cólica, tente uma dessas técnicas para aliviar a pressão intra-abdominal.

Bicicletinha. Deite o bebê de barriga para cima, traga as perninhas para cima e faça movimentos de bicicleta, enquanto você tenta distraí-lo com caretas.

Bebê bolinha. Coloque a cabeça e as costas do bebê contra o seu peito, segure seus braços para baixo e então para cima, tentando alongá-los. Depois inverta a opsição colocando os seus pés contra o peito. Tente alongar bem a coluna do bebê.

5. Rolinhos na barriga

Deite o bebê no colchão, pegue uma bola de fisioterapia ou de borracha para massagem e passe de leve sobre a barriga do bebê, deslizando. Faça movimentos circulares e gentis.

6. Bolsa de água 

Aqueça uma bolsa de água ou uma bolsa própria para bebês, enrole num pano macio e coloque na barriga do bebê numa temperatura morna. Para relaxar ao máximo, coloque o bebê de barriga para baixo sobre a bolsinha aquecida, a cabeça virada de lado. Cheque sempre a temperatura antes na sua pele.

7. Massagem/Shantala para bebês

Procure fazer a massagem no bebê sempre no mesmo horário do dia,  quando o bebê está calmo e tranquilo. No momento da cólica tente fazer movimentos circulares no abdomen, no sentido horário, para aliviar a dor e a tensão. Reserve a shantala para um momento entre você e o seu bebê, em que os dois estejam tranquilos. A shantala é uma técnica de massagem indiana que pode ser usada a partir de 1 mês de vida.

8. Dê um banho gostoso 

Um banho morno ajuda a relaxar o bebê, além de diminuir a tensão muscular.

9. Pele a pele

Deite o seu bebê sobre você, pele a pele, barriga com barriga, deixe-o ouvir as batidas do seu coração.

 10. Sling

Bebês que são carregados tendem a se irritar menos. Usar o sling é mais do que colocá-lo no sling quando começa a chorar. É usar como se fosse uma extensão do seu corpo, como os cangurus carregam seus bebês ainda não completamente maduros na bolsa. De certa forma os bebês ainda não estão “prontos” para o mundo. Colocá-lo próximo ao seu corpo, apertadinho e sentindo o seu calor, pode fazê-lo sentir-se mais seguro.

Se nada funcionar…

Apesar de tudo, muitas vezes no momento da cólica nada o acalma. Isso pode acontecer e a parte boa disso tudo é que ela passa. O quanto pudermos entender o que é a cólica e porque ela ocorre, nos deixa mais aliviados no momento que ela acontecer. Tente manter a calma e corresponda ao seu bebê da melhor maneira possível.

Uma das teorias sobre a causa da cólica em bebês é seu ritmo biológico ainda desorganizado. Durante a gravidez, o útero regula automaticamente os sistemas do bebê. O nascimento interrompe essa organização abruptamente. Para ajudar o bebê a volta ao seu ritmo biológico traga-o para perto de você, deixe-o sentir sua pele, seu calor e aprenda a ouvi-lo e sentir suas necessidades.

Mais dicas sobre cólicas você também encontra nos posts abaixo. Se o seu bebê tem cólicas que você considera fora do normal, ou outros sintomas associados, converse com seu pediatra. Dependendo do caso, outros diagnósticos devem ser considerados, como  alergia ao leite de vaca e doença do refluxo gastroesofágico.

Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o receber notificações, para receber aviso dos posts novos) e instagram (@pediatriadescomplicada).

O blog Pediatria Descomplicada está concorrendo ao Top blog 2015. Se você gosta do blog clique no link abaixo e dê o seu voto!

http://www.topblog.com.br/candidatos/?projeto=91015

top blog

Um abraço,

Dra. Kelly Oliveira

CRM 145039

Consultório particular em São Paulo: (11) 5088-6699

7 Comments

Deixe uma resposta