urso

Como saber se o bebê está mamando bem? Como saber se efetivamente retira leite do peito?

amamentacao, pediatria descomplicada, dra kelly oliveira, aleitamento materno, amamentação
Gosto muito de uma frase que o Dr. Jack Newman, médico pediatra e especialista em amamentação, costuma dizer: “Há muito mais em amamentar do que somente leite materno”.
Calma, não estou dizendo que o leite materno não é importante, por favor! Deixe-me explicar.

Amamentar é um processo complexo, em que mãe e bebê iniciam o seu aprendizado nos primeiros dias de vida do bebê. Isso implica em aconchego, carinho, nutrição, fortalecimento de laços e claro, o meio pela qual o bebê cresce e se desenvolve através da amamentação. Para isso, não basta colocar o bebê no peito. Precisamos saber como, precisamos saber se o bebê está retirando leite do peito, se a pega está adequada, se a boca do bebê e o peito da mamãe fazem um trinco, um fechamento perfeito que permite que o bebê não só consiga mamar de forma efetiva, mas aprenda até a regular quanto de leite ele deseja!

Nem sempre isso ocorre na primeira, nem na de segunda ou terceira vez…às vezes o processo é doloroso. Os mamilos ficam machucados e amamentar passa a ser um sofrimento, dói!
Para isso entra a orientação sobre amamentação. Isso nem todos sabem, nem todos orientam ou querem orientar. Às vezes o complemento como alternativa à amamentação surge como uma alternativa fácil e atraente, simples assim. Mas não precisa ser. Não deve ser.
Hoje escrevo um pouco sobre como saber se o bebê retira o leite do peito de forma eficiente. Existem pistas para isso. As mamães precisam saber! Os pediatras também…
Sabemos que muitas vezes o bebê está mamando exclusivamente no peito, a mamãe já usou várias técnicas para aumentar a produção de leite, mas o bebê em aleitamento materno exclusivo ainda não está ganhando peso adequadamente. Isso acontece muito e é um dos principais motivos que o complemento é introduzido.
Mas antes que isso aconteça, existem algumas coisas que precisam ser levadas em conta.

# 1 Observe se a pega do bebê no peito está correta. Eu sei que já escrevi isso várias vezes aqui (veja no link acima), mas esse ponto é fundamental. Os bebês não mamam, ou mamam pouco e com menos eficiência se a pega não estiver correta. Para isso os lábios devem estar bem abertos e virados para fora, a aréola pouco ou não visível, mais visível em cima que embaixo, o queixo tocando a mama e o nariz livre!

# 2 Avalie se o bebê está efetivamente mamando. Será que o bebê está realmente recebendo leite do peito? Essa percepção é a chave para a mamãe entender quando a amamentação está seguindo bem. O bebê faz um movimento complexo durante a mamada. A língua do bebê encaixa-se na aréola, formando um lacre? O bebê retira o leite eficientemente do peito? A sua mandíbula se desloca para frente durante esse movimento? Ele faz pausas para engolir o leite que está dentro da boca? Essas pausas são necessárias, pois o bebê suga, suga, retira muito leite do peito, a sua boca fica cheia e então ele engole! O bebê que mama efetivamente faz isso!

Veja abaixo um vídeo do Dr. Jack Newman divulgado em sua página no Facebook.
Esse é um bebê que mama e engole leite. Muitooo leite!!!

[wpvideo QAwy0vb3]

Esse outro vídeo é de um outro bebê, também postado pelo Dr. Jack Newman em seu site de um bebê que suga, suga, suga e não está engolindo nada!!! A diferença pode ser sutil e as mamães podem não perceber sozinhas, é preciso de orientação e ajuda!

[wpvideo nycNHa31]

Lembrem-se, mamães:

  1. Bebês aprendem a mamar no peito, mamando no peito!

  2. Mamães aprendem a amamentar, amamentando!

  3. O bebê continua mamando no peito através de estímulo contínuo no peito, corrigindo a pega e aprendendo a retirar mais leite do peito. Para isso entra o pediatra especialista em amamentação, e outros especialistas da área!

  4. O bebê está propenso a realizar a pega corretamente, só precisamos lhe mostrar o caminho.

  5. Quanto antes essa intervenção acontecer, melhor e mais fácil será para mamãe e bebê!

 Espero que ajude mamães! Contem suas experiências aqui! Compartilhe! Boa amamentação 🙂

Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o receber notificações, para receber aviso dos posts novos) e instagram (@pediatriadescomplicada).
Um abraço
Dra. Kelly Oliveira

CRM 145039

Consultório particular em São Paulo: (11) 5088-6699

*As informações dadas aqui não substituem a consulta médica. Se houver dúvida o médico deverá ser consultado.

videos by Dr Jack Newman: http://www.breastfeedinginc.ca/content.php?pagename=videos

photo credit: http://myrtlebeachbirthservices.com/wp-content/uploads/2014/05/breast-feeding-ftr.jpg

34 Comments

  • Pingback: Uma abordagem diferente: não olhe para números na amamentação, olhe para o bebê! | pediatria descomplicada

  • Gisele 08/03/2015 Reply

    Oi Dra. Adorei seu texto.
    Eu, antes de ter meu filho, nao tinha opiniao sobre amamentacao, simplesmente achava que era algo natural, o Baby nasce e sai mamando lindamente. Mas comigo foi dificil, tinha mto leite, o meu bebe nao conseguia fazer a pega correta e a minha volta eu nao tinha ninguem pra ajudar corretamente, era rodiada somente d boas intencoes e palpites. Mas, nao desisti, aluguei bombinha eletrica, acordava nas madrugadas e dava mamadeira mas com meu leite. Fui a pediatra pela primeira vez e sai de la com meu filho no peito, foi maravilhoso, eu deixava ele ficar no peito o quanto queria.
    Olha, eu respeito maes q escolhem dar a mamadeira, mas elas nao sabem o que estao perdendo.
    E é isso mesmo. Nao desistir, procurar ajuda, vale muito a pena !

    • Oi querida Gisele, obrigada por compartilhar sua história conosco, é muito bonito ver que muitas mamães passaram por essas dificuldades e superaram. Como é importante receber ajuda e ter as informações corretas. Continue acompanhando as novidades por aqui! Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o receber notificações, para receber aviso dos posts novos) e instagram (@pediatriadescomplicada) Um bjo, Dra Kelly

    • Alexandra 24/11/2015 Reply

      To na mesma da Gisele, mas ainda não consegui fazer pegar o peito direito… Dou meu leite na mamadeira a 3 meses já! Tem muita gente dando palpites mesmo.. Mas nada que ajude de verdade! So Deus sabe o que eu já passei até aqui… E Graças a ele ainda tenho leite e amamento minha
      pequena.. Nada é tão fácil como todos falam!

  • Pingback: Como retirar o leite materno | pediatria descomplicada

  • Pingback: Padrões de sono do bebê: Como marcos importantes podem afetar o sono | pediatria descomplicada

  • Sandra regina 24/03/2015 Reply

    Olá Dra. Tenho uma bebê de 7 meses ela mama no peito e come papinha .até quando devo amamentar?obrigada .

    • Olá Regina. O Ministério da Saúde recomenda a amamentação até os 2 anos de idade ou mais. Não há problema nenhum em amamentar, a mudança é que após os 6 meses ocorre a introdução de outros alimentos. Se precisar de acompanhamento profissional, atendo em consultório particular em São Paulo, para marcar consulta você pode ligar para (11) 5088-6699. Continue acompanhando as novidades por aqui! Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o receber notificações, para receber aviso dos posts novos) e instagram (@pediatriadescomplicada) Um bjo, Dra Kelly

  • Pingback: Mitos da amamentação: amamentar um lado por vez? | pediatria descomplicada

  • Andrea Pereira 27/04/2015 Reply

    Olá Dra. Kelly, seu blog é maravilhoso! Tive meu 2o filho há dois meses e achei que iria tirar de letra a amamentação. Ele nasceu prematuro de 35 semanas, saiu da maternidade com 2,350 kg, e mamando muito bem, com boa pega. Nunca tive problemas com os mamilos. Duas semanas depois tive sinusite e por ter ficado algumas horas no hospital e sem dar a mama, a da esquerda “empedrou” e começou o processo da mastite. Tratei com algumas manobras, mas ficou metade esquisita, endurecida, meio fibrosa. Continuei amamentando em livre demanda, mas daí o pediatra me jogou um balde de água fria: seu leite “está pouco”, seu filho não “pegou” peso, inicie a suplementação. Obviamente como qq mãe sem um apoio, acata a “autoridade no assunto” bebês. A partir de então dou a fórmula com o sistema sonda-peito, pq não sou boba, e o mamá a qq hora que ele solicita. Depois deste relato queria tirar minha duvida, pois já pesquisei na web, perguntei às amigas, mãe, tias e não obtive resposta. Depois que ele mama, sem a sonda, mamilo puro, chega um momento que meu mamilo parece que trava, se fecha, fica com o meio esbranquiçado e, não adianta ordenhar que não sai uma gota. Nesta hora, ele fica irritadíssimo, puxa o bico parecendo que quer arrancar e, por fim, chora. Me corta o coração pq não posso controlar isso. Por que isso ocorre? É possível que realmente tenho menor produção, mesmo estimulando dia e noite? Lembrando que isso sempre aconteceu, mesmo antes de complementar as mamadas. Um grande abraço.

    • Olá Andrea, parabéns por ter insistido na aamamentação apesar dos “contras”. Não é fácil muitas vezes. Em relação ao que você me perguntou dessa dor, existem várias causas que podem justificar isso sim, e para identificá-la precisaria avaliá-la pessoalmente. Geralmente com a melhora da posição e da pega do bebê essa dor pode diminuir. Se precisar de acompanhamento profissional, atendo em consultório particular em São Paulo, para marcar consulta você pode ligar para (11) 5088-6699. Continue acompanhando as novidades por aqui! Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o receber notificações, para receber aviso dos posts novos) e instagram (@pediatriadescomplicada) Um bjo, Dra Kelly

  • Pingback: Amamentação: leite anterior e leite posterior existe? | pediatria descomplicada

  • Pingback: Amamentação: respostas a algumas dúvidas existenciais! | pediatria descomplicada

  • Cristina Correa 26/05/2015 Reply

    Minha bebê mama e faz um barulho estranho parece que se afina as vezes engasga mas ela não fica muito tempo no máximo 10 minutos as vezes menos mas ta ganhando peso as pausas são de 3 a 4 horas mas sempre fico em duvida se esta satisfeita ou não as vezes acordo ela pra amamentar principalmente de madrugada to certa ou devo deixar ela acordar sozinha ?

    • Olá Cristina, a amamentação deve ser em livre demanda, ou seja, sempre que a criança ou a mamãe quiserem,sem horarios pré determinados. Se está ganhando peso é bom, ofereça sempre os odis lados e veja se ela mama efetivamente. Se precisar de acompanhamento profissional, atendo em consultório particular em São Paulo, para marcar consulta você pode ligar para (11) 5088-6699. Continue acompanhando as novidades por aqui! Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o receber notificações, para receber aviso dos posts novos) e instagram (@pediatriadescomplicada) Um bjo, Dra Kelly

  • Keltriane 31/05/2015 Reply

    Olá Dr. Kelly, estou tendo bastante dificuldade em amamentar, meu filho está com 2 meses e 5 dias e pesando apenas 3.800kg. Sendo que nasceu com 3.185kg. Adorei seus textos e vi q meu pediatra não apoia a amamentação, pois logo q viu q meu filho não ganhou muito peso insistiu que eu desce fórmula a ele, disse inclusive que se eu insistisse na amamentação iria matar meu filho. Hj estou amamentando no peito e complementando com fórmula. Isso contra minha vontade. Vou observar esses pontos que vc citou e vê se ele mama melhor. Seu blog é maravilhoso, está me ajudando bastante.

  • Andiara Martins Dias 01/06/2015 Reply

    Socorro! Meu bebê está com dois meses e treze dias. Há cerca de um mês passei a dar complemento ao meu filho por orientação do pediatra após constatar que ele não estava ganhando peso. Agora meu filho fica com características do bebê fussy toda vez que tento amamenta-lo , chora bastante e eu acabo dando a mamadeira…
    tem jeito ainda?
    Espero resposta.

    Obrigada!

    • Olá querida Andiara. Após iniciar complemento a criança pode apresentar esse comportamento por vários motivos. Um é pelo confusão de bicos que a mamadeira promove, para melhorar essa situação, não de mais leite pela mamadeira, somente pelo copinho. Outra é a diminuição da roducção de leite, por você complementar as mamadas com outro leite que não o seu e isso diminuir a produção. Tente tirar o complemento aos poucos e leia os posts que escrevi sobre como aumentar a produção de leite, como retirar o leite materno, e sobre esse comportamento fussy. Não desista, é possível sair desse ciclo e voltar ao aleitamento materno exclusivo! Se precisar de acompanhamento profissional, atendo em consultório particular em São Paulo, para marcar consulta você pode ligar para (11) 5088-6699. Continue acompanhando as novidades por aqui! Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o receber notificações, para receber aviso dos posts novos) e instagram (@pediatriadescomplicada) Um bjo, Dra Kelly

  • Pingback: Mais amor, por favor – Humanização na saúde e método canguru | pediatria descomplicada

  • Pingback: Dicas de inverno: dúvidas comuns para o frio -parte 2 | pediatria descomplicada

  • Pingback: Quando iniciar a introdução alimentar – recomendações | pediatria descomplicada

  • Pingback: Carta às mães que não conseguiram amamentar…ou ainda lutam | pediatria descomplicada

  • Angelica 09/05/2016 Reply

    Olá conheci o blog agora e to lendo vários posts sobre amamentar. Minha filha vai fazer 2 meses dia 15 e desde que nasceu toma complemento, estou dando 2x ao dia (1 às 12:00hs e outr- entre 21:00 ou 22:00hs) mais sinceramente dou complemento com muita tristeza. O que ocorre é que ela se não der o complemento ela fica o dia inteiro no peito e parece não saciar, quando tiro ela chora comendo a mão e procurando o peito; meu leite não jorra e quando aperto tmb não sai jatinho; as vezes uso a bombinha manual da avent e dos dois peitos só consigo tirar no máximo 40ml, e as pessoas ao redor só vivem dizendo que meu leite é pouco, não sustenta, tá fraco, etc. tento não dar ideia, to insistindo no peito até aonde aguento, infelizmente se não dou o complemento minha filha boa dorme bem meia hora de pausa. Quero muito acreditar que consigo, mas não vejo bons resultados… O que posso fazer?

  • Marcela L B De Oliveira 08/06/2016 Reply

    Dra, bom dia!
    Meu baby Vitor está competardo 5 meses semana que vem e estamos na amamentação em LD. Nesse período passei por 4 mastites e em 3 precisei fazer uso de antibiótico. Qual é a sua opinião sobre a recorrência da mastite? Isso pode prejudicar meu bebê? Mesmo sofrendo com os sintomas eu suporto para o bem dele, mas fico preocupada com a ingestão de medicamento. Amamentar é uma bênção não queria deixar! Obrigada!

  • Marcela 22/06/2016 Reply

    Olá dra. Estou a ponto de desistir. Meus seios estão acabados. Estão machucados . Já sangraRAM. … Já saiu peda cintos de pele…. amamentar pra mim é um momento de terror… minha bb tem 8 dias. E roda hora quer mamar. Estou dando fórmula pra ela 90 ml… e ela ainda fica se chupando…. Estou enlouquecendo. Não consigo fazer uma boa pega…. Quando tiro o meu bico da boca dela esta achatado e sangrando. Eu tenho uma aurela muito grande. E meu bico é pqno. Já vário vídeos. … mas todos os seio que vejo parecem que foram feitos pra amamentão menos o meu. Me ajuda por favor

  • Pingback: Como Aumentar a Produção de Leite Materno | pediatria descomplicada

  • Andrea Pereira 07/08/2016 Reply

    Estes dois vídeos não são boas referências, pois não dá para ver os lábios do bebê virados para fora, nem quanto da auréola está abocanhando, pois em ambos, os bebes parecem “socados” na mama. Na época em que meu bebê nasceu, há 17 meses, eu cheguei a ver este dois vídeos, que me deixaram muito confusa, pois não distingui o que era mamada efetiva, nem a que está “chupetando”. Existem outros videos em que ficam mais claros os pontos importantes da boa mamada, tipo, queixo no seio, nariz livre, lábios voltados pra fora, as pausas para engolir…Seria interessante se você substituísse estes dois, (apesar de estes serem referência), por outros mais claros. O seu texto está tão bom, ficaria exelente com o video complementando a teoria.

    • Oi querida Andrea, o que quero ressaltar no vídeo são os goles do bebê mamando, e não a pega. Para ver a pega correta, você pode ler os posts sobre pega. Eh sutil os sinais mas vc bem os goles do bebê mamando, enquanto que o bebê chupetando (a sucção não nutritiva) não vê goles. Um Bjo Dra Kelly

  • Pingback: Meu mamilo é plano ou invertido! E agora? Consigo amamentar? | pediatria descomplicada

  • Pingback: O que não se deve dizer a uma mãe que amamenta – Parte 2 | pediatria descomplicada

  • patricia gomes 12/04/2017 Reply

    Eu tenho pouco leite minha bebe tem 8 dias ela toma leite artificial. Nos intervalos eu dou mama mas nao e suficiente o que eu faco

  • Samanta Sthefani Lima dos Santos 29/04/2017 Reply

    Oi Dra meu nome é Samanta e estou com um bb de 10 dias, tenho muuuiitooo leite, no começo foi difícil a amamentação pois meus seios racharam saiu pus, sangrou e da mesma forma persisti e hj consigo amamentá-lo graças a Deus. O problema é q meu filho é preguiçoso, qdo começa a mamar já dorme em seguida, tiro a roupa dele e não adianta, ele saiu do hospital com 3110kg e engordou 50 gramas em 1 semana, nao sei o q fazer acordo ele a cada 3h e ele não engorda, faz mto xixi, cocô amarelinho + não mama + q 10 min.O q faço p ele ganhar peso ? Não qro dar complemento tenho mto leite. Desculpe o texto.

Deixe uma resposta