urso

Amamentação: Erros comuns que nos levam a pensar que o bebê mama pouco

amamentação, dra kelly oliveira, pediatria descomplicada, pediatra são paulo

Se tem algo que as mamães que amamentam se preocupam é: meu leite está sendo suficiente? Será que o bebê está mamando? Como saber se ele está mamando direito? Antes de tudo, temos que nos perguntar, será que é a produção de leite realmente está baixa? Muitas vezes as mamães pensam que a sua produção de leite é pouca quando na verdade não é. Se o seu bebê está ganhando peso adequadamente somente mamando no peito, então você não tem problema com a quantidade de leite fornecida. Se você não tem certeza sobre quanto de peso o bebê está ganhando, um parâmetro que pode ajudar é o número de fraldas molhadas e sujas. Claro que nenhum desses parâmetros dispensa a avaliação do pediatra, somente ele poderá avaliar corretamente essa questão.

Abaixo descrevo quais os principais motivos (errados!) que faz as mamães pensarem que não estão produzindo leite.

Diminuição da produção: erros comuns que nos levam a pensar que o bebê mama pouco

É importante notar que a sensação do peito vazio, o comportamento do seu bebê, a frequência das mamadas, ou a quantidade de leite que você conseguir bombear não são formas confiáveis para determinar se o seu leite é suficiente para seu bebê. Assim, vamos entender quais são as situações que não significam que você tem uma baixa oferta de leite:
  1. Você amamenta o seu bebê com frequência. O leite materno é digerido rapidamente (geralmente em 1h30min a 2h), por isso, os bebês amamentados precisam se alimentar mais vezes do que bebês que tomam fórmula, simples assim! Isso não significa que a fórmula é melhor, mas que ela demora mais para ser digerida e absorvida, pois não é perfeitamente adaptada ao bebê como o leite materno. Além disso.
  2. Muitos bebês têm uma forte necessidade de sugar. Além disso, os bebês muitas vezes precisam de um contato permanente com a mãe, a fim de se sentirem seguros. Todas essas coisas são normais, e você não vai “mimar” o seu bebê por atender a essas necessidades.
  3. Seu bebê de repente aumentou a frequência e/ou duração das mamadas. Isso pode ser um surto de crescimento . O aumento da frequência das mamadas por alguns dias consequentemente aumenta a produção de leite e ocorre a regulação da produção de leite de acordo com a necessidade do bebê. Não ofereça suplementos ao bebê quando isso acontecer: a suplementação irá informar o seu corpo de que o bebê não precisa desse leite extra, e a produção pode diminuir, ou não ocorrer o aumento de que necessita.
  4. Seu bebê mama muito mais a noite que de dia. Os bebês quando nascem não têm ainda uma rotina e não sabem diferenciar o dia da noite, e muitas vezes trocam (literalmente) o dia pela noite… Porém, com o tempo o bebê percebe a diferença de claridade, os momentos em que o ambiente está mais tranquilo ou mais agitado, e cabe também um pouco aos pais ir estabelecendo essa rotina. Isso pode demorar meses…mas melhora.
  5. Seu bebê não mama tanto quanto mamava antes. Conforme os bebês crescem, eles se tornam também mais eficientes em mamar, e assim extraem o leite de forma mais rápida e em menos tempo.
  6. Seu bebê é agitado / estressado (“fussy”). Muitos bebês têm um horário agitado/estressado do dia – geralmente no final da tarde ou à noite. Outros bebês são agitados na maior parte do tempo. Isso pode ter muitas razões, e às vezes essa agitação vai embora antes de encontrar uma razão para ela (Ah! Como entender o mundo dos bebês…). Pode ser o momento da cólica (nos bebezinhos mais novos), ou o bebê está irritado porque o fluxo de leite não está da forma que ele quer, e isso pode deixa-lo irritado. A cólica do bebê ocorre num período particular da vida, geralmente se inicia com 1 a 3 semanas de vida, o pico da cólica ocorre com 6 a 8 semanas e geralmente acaba com 3 a 4 meses. O importante é sabermos que o bebê não chora só porque está com fome ou porque não quer o peito, e não devemos dar fórmula para acalmá-lo.
  7. Seu bebê mama uma mamadeira inteira de fórmula ou leite ordenhado após ser amamentado. Muito bebês vão mamar de boa vontade uma mamadeira inteira mesmo depois de ter uma alimentação completa no peito. Isso porque o fluxo contínuo de leite pela mamadeira é mais fácil de sugar, e eles aceitam mesmo estando satisfeitos. Se for oferecido após toda mamada ao seio, isso pode fazer com que a sua própria produção de leite caia, por isso procure evitar que vire uma rotina.
  8. Seus seios não vazam leite, ou apenas vazam um pouco, ou pararam de vazar leite. Vazamento não tem nada a ver com a produção de leite. Muitas vezes pára de vazar, pois a sua produção de leite se adaptou às necessidades do seu bebê, o que é completamente normal!
  9. Seus seios de repente parecem mais suaves e leves. Novamente, isso normalmente acontece após a produção de leite ter se ajustado às necessidades do seu bebê.
  10. Você nunca sentiu uma sensação de descida do leite, ou não parece tão forte quanto antes. Algumas mulheres nunca irão sentir essa descida do leite. Isto não tem nada a ver com a produção de leite. A apojadura de leite ocorre nos primeiros dias após o parto, e independe da demanda do bebê! Após esse momento, o que irá controlar a produção de leite é quanto o bebê vai mamar.
  11. Você extrai muito pouco ou nenhum leite quando você ordenha. A quantidade de leite que você retira através da ordenha não é uma medida exata da sua produção de leite. Um bebê com uma sucção adequada, extrai o leite do seu peito com muito mais eficiência do que qualquer bomba de extração ou mesmo manualmente! A maioria do leite produzido ocorre durante a amamentação. Além disso, retirar o leite com a bomba é uma habilidade que melhora com o tempo e prática. Algumas mulheres que têm uma oferta de leite abundante são incapazes de obter leite quando ordenham. Também é normal que a quantidade de leite que você consegue retirar diminua ao longo do tempo, devido a própria adaptação do seu corpo com a demanda do seu bebê e se você também reduzir a quantidade de vezes que você retira o leite com a bomba também. O contrário também ocorre! Se você aumentar a quantidade de vezes que amamenta e que retira o leite com ordenha, a produção também irá aumentar após alguns dias!

Se seu bebê não está ganhando peso adequadamente ou está perdendo peso, você precisa manter um contato próximo com o pediatra, uma vez que é possível que uma condição médica pode causar isso. A suplementação pode ser necessária para os bebês que estão perdendo peso até que a oferta de leite aumente. Se a suplementação for necessária, a melhor coisa para complementar o leite do peito é o seu próprio leite ordenhado (existem alternativas que não seja a mamadeira!).

Mamães, se tiverem dúvidas busquem profissionais que apoiem a amamentação, para poder ajudá-las! Muitos profissionais que não apoiam a amamentação acabam introduzindo o complemento sem ter real necessidade.
Vejam dicas para como aumentar a produção de leite no post: Amamentação: Dicas para tirar mais leite
Espero poder tê-las ajudado!
Um abraço
Dra. Kelly Oliveira

CRM 145039

Consultório particular em São Paulo: (11) 5088-6699

*As informações dadas aqui não substituem a consulta médica. Se houver dúvida o médico deverá ser consultado.

photo credits: http://talkfeed.co.za/wp-content/uploads/2014/11/breastfeeding.jpg

56 Comments

  • Deusa Luh 20/02/2015 Reply

    Doutora Kelly, boa noite. Meu filho tem 3 meses e mama em livre demanda. Aos 6 meses terei que voltar a lecionar 4 tardes. Não sei se vou conseguir tirar leite suficiente para as mamadas da tarde, mas vou amamentá-lo todas as manhãs e noites que eu for lecionar a tarde, e, claro, terei 3 dias (sexta, sábado e domingo) amamentar o dia todo. Minha pergunta é: caso eu não consiga ordenhar e deixar leite durante as 4 tardes, faz mal eu dar alguma fórmula para meu bebê? Quero amamentar o máximo possível, mas não sei realmente se vou conseguir deixar leite estocado para ele e isso me aflige. Muito obrigada! Adoro seu site! Beijos!

    • Olá querida Deusa Luh, obrigada pelo incentivo, fico feliz em ajudar! A questão da quantidade de leite depende muito de quantas horas você for ficar fora. Lembre-se que amamentar não é só o leite materno, é sucção, contato pele a pele, carinho, ou seja muito mais! Você deve começar a armazenar leite 15 dias antes, pois isso vai te dar um bom estoque. O ideal é que você dê de mamar sempre antes de sair pro trabalho e logo depois quando chegar. Dá para manter só no peito sim!
      Para um atendimento profissional e especializado, atendo em em consultório em São Paulo (11) 5088-6699, se precisar. Continue acompanhando as novidades por aqui! Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o receber notificações, para receber aviso dos posts novos) e instagram (@pediatriadescomplicada) Um bjo, Dra Kelly

    • Júlia 06/03/2015 Reply

      Meu bebe tinha pega muito boa desde a maternidade, minha mãe e amigas ficaram impressionadas. Ela nunca me machucou mamando.
      O problema: mama e mama mas não engole. Aliás em 40 dias vi ela engolir 3 vezes se não me engano. Fiquei muito confusa. Eu sabia que quanto mais eu dava o peito mais viria leite então optei por livre demanda desde o início. Isso resultou em horas no peito! (Horas tipo a ultima vez ficou das 16h da tarde até meia noite) quando ela dormia soltava o peito sozinha e durava no máximo 10 a 15 min dormindo e começava a chorar sem santo que parasse e voltava pro peito. Então comecei a dar peito até uma hora ou pouco mais se ela não dormisse ou continuasse chorando eu dava mamadeira (Nan) e ela dormia 3 há 4 horas direto. Não desisti do peito, sempre achava que tinha algo errado na pegada mas me informei com muitas pessoa fiz vídeos e ela até mamou em duas amigas minhas que produzem leite pros seu filhos e ela pegou perfeitamente no peito delas. Comigo, ou ela mamava horas a fio ou mamava e chorava. Então por me sentir impotente de não conseguir amamentar minha filha larguei a mamadeira e o resultado? Igual ao início da história. Horas mamando e chorando sem dormir. Então na 1ª consulta com pediatra (foi com 30 dias e não 10) ela estava a baixo do peso. (Nasceu com 2945, saiu da maternidade com 2700, e estava pesando com 30 dias 3270kg) eu expliquei a história ao pediatra e ele disse q se ela ficava horas no peito e chorava ou não dormia era porque ela estava procurado algo que não encontrava. Então ele pediu pra eu continuar com o Nan depois de dar o peito, mas sempre dar o peito antes mas no máximo 5 há 15 minutos. Eu me fiz de surda e dava peito 40 min (ou até ela chorar) e depois a mamadeira. Enfim ela começou a pegar o peito cada vez por menos tempo. Das últimas vezes só 5 minutos ou nem isso. Agora me vem há cabeça será que eu comecei errado e terminei errado ou eu realmente não tinha leite suficiente? Muitas vezes ficava extraindo com a bombinha, vinha 10/15 ml com muito esforço! (Agora eu sei que não quer dizer nada) Uma única vez consegui extrair 50ml o restante quase uma hora pra sair 10/15ml. Tomei ocitoxina muita água e me alimentava direito. Não sei se foi a expectativa de ter leite, ou a impaciência de pensar que eu poderia não ter. Eu me condenava e me cobrava demais. As vezes penso que foi a ansiedade que me impediu de tanto pensar! Muitas vezes chorei me sentindo frustrada quando ela chorava desesperada nos seios. Tive muitos episódios na qual tive certeza que tinha leite suficiente, mas na prática isso se dava contra!
      Ex: caia leite na concha.
      Espirrava leite ao extrair com bombinha.
      Quando dei mama deitada molhou o lençol de leite algumas vezes.
      O bico de silicone algumas vezes tinha leite acumulado na ponta por dentro.

      Mas alguns detalhes do contrário:
      Horas mamando.
      Não dormia mais que 15 min quando só ficava no peito.
      Nunca sujou a língua.
      Nunca vi no canto da boca leite.
      Vi engolir 3 vezes em 30 dias.
      Chorava desesperada/irritada na teta.

      Enfim! Sempre quis uma explicação pra me confortar! Talvez eu tivesse que ter feito diferente! Ser mais confiante ?ou era isso? Sinto que ficou pra trás algo que me dói o coração! Eu realmente tive pouco leite? Os relatos que ouço e vejo por aí são de mães que normalmente demoraram de 3 há 7 dias pra decer o leite naquele empenho, mas quando desceu foi “de verdade”. O meu caso parece que foi “aquele empenho” por muito tempo. Achei estranho. As últimas mães que conversei sobre isso, todas por 3 há 7 dias ou na maternidade já veio leite. E elas falam “nossa tenho muito leite não precisei fazer muito” e eu: dieta, água, alimentação, insistência, massagem, compressa, extração c/
      bomba, muita oração e nada?

      Enfim. Me sinto confusa e frustrada. Minha filha está com 2 meses e 5 dias hoje e não pega mais o peito, quando coloco perto ela esguela como se falasse “ESSE NÃO”.
      Nesse tempo tentei dar no copinho mas o desperdício era demais, a sonda uma vez ela sugou, outras ela parece que se incomodava com a mangueira e não pegava mais quando encostava no peito sentia sonda e chorava dai eu tirava ela pegava. O sentimento de culpa aumentou depois de ler essa publicação. Eu pesquisei no Google mas nunca tinha visto nada tão específico que se enquadrou na minha situação!!! TODAS essas coisas aconteceram comigo! O único parâmetro mesmo foi a perda de peso!

      Ainda da tempo de voltar atrás?

      • Olá querida Julia. Obrigada por compartilhar sua história. Como é importante sabermos. Antes de mais nada, por favor, livre-se da culpa de uma vez por todas. Você não tem culpa de nada disso, e isso não aconteceu porque você fez isso desse ou daquele jeito. De alguma forma você chegou até aqui, se informou e pediu ajuda. Você precisa de apoio e ajuda de quem entende essa situação e pode de fato te ajudar. Procure o banco de leite humano de sua cidade, existem pessoas maravilhosas ali que poderão te ajudar e dar o apoio que necessita. Se precisar de ajuda profissional e especializada, atendo em consultório em São Paulo, telefone (11) 5088-6699. Continue acompanhando as novidades por aqui! Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o receber notificações, para receber aviso dos posts novos) e instagram (@pediatriadescomplicada) Um bjo, Dra Kelly

  • Pingback: Amamentação: Como dar leite materno no copinho | pediatria descomplicada

  • Pingback: Como saber se o bebê está mamando bem? Como saber se efetivamente retira leite do peito? | pediatria descomplicada

  • Alaila 10/03/2015 Reply

    Nossa! Esse post mudou a minha vida. Tranquilizou meu coração. Muito obrigadaaaa!!! E olha que sou mãe de segunda viagem. Mas a amamentação da minha primeira filha foi bem simples (11 anos atras). Dessa vez passei por tooooodos esses perrengues acima. Pena que não li antes, teria evitado muita dor de cabeça. Quantas vezes achei que não tinha leite, agora vejo que meu bebê estava “fussy” e era sempre nesse mesmo horário de fim de tarde, início da noite. Chorei qd meus seios ficaram mais flácidos e parei de senti-los enchendo com frequência durante o dia. Sempre com aquele pânico de que meu leite secasse. Porém bebê engordando super bem (50gr por dia no primeiro mês). Então era realmente “noia” da minha cabeça. Agora meu coração está mais tranquilo pra passar por isso quantas vezes forem necessárias, confiante no tetê!!! Obrigadaaaa. Que Deus te abençoe! Bj grande.

  • Pingback: Mitos da amamentação: amamentar um lado por vez? | pediatria descomplicada

  • orleidiane frazao 02/05/2015 Reply

    Ola bom dia,doutora minha filha tem 1 mes e 12 dias,do meu primeiro filho tive mastite,e agora com ela ia acontecendo novamente,entao resolvi dar do outro leite e tomei remedio pro peito melhorar,agora to correndo atras do prejuizo dando o peito novamente,so q to achando o leite insuficiente para enche-la. To me alumentando adequadamente para produzir leite mas nao sei se e imprenssao minha de nao estar com leite suficiente. Gostaria de uma palavra amiga e queria deixar de dar outro leite,me ajude.

    • Olá querida mamãe, não desista! Em primeiro lugar, vc precisa faer um acompanhamento com o pediatra para avaliar o ganho de peso e a mamada do bebê. Tente ajuda também no banco de leite, eles orientam bastante! Continuie oferecendo em livre demanda, sempre os dois lados e descanse e tome bastante água. Não desanime! Se precisar de acompanhamento profissional, atendo em consultório particular em São Paulo, para marcar consulta você pode ligar para (11) 5088-6699. Continue acompanhando as novidades por aqui! Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o receber notificações, para receber aviso dos posts novos) e instagram (@pediatriadescomplicada) Um bjo, Dra Kelly

  • Laryssa 03/05/2015 Reply

    Boa noite Dr Kelly! Minha filha esta fazendo 1 mês hoje, nasceu prematura de 34 semanas, teve dificuldades para respirar e teve que ficar 11 dias na UTI.. Nos primeiros dias ela foi alimentada pela sonda, durante o dia eu retirava o leite e durante a noite davam a fórmula. Depois de 5 dias na UTI eu pude pegar ela no colo e amamenta-la. Como só era permitido ficar lá durante o dia, eu amamentava durante o dia e depois ela tomava a mamadeira..e ai o pior aconteceu, ela só queria saber da mamadeira, eu colocava no peito e ela gritava sem parar. A pediatra da UTI me ajudou muito, pararam a mamadeira e enquanto eu não estava ela tomava no copinho. Depois de muita insistencia, mesmo depois de ir para casa, consegui finalmente amamentar sem gritos.. Com 27 dias levei ela no pediatra, exatamente 16 dias depois de tirar ela da UTI, recebo mais uma surpresa, o ganho de peso esta pouco. Ela nasceu com 2350, saiu da UTI 11 dias depois de nascer com 2310, e com 27 dias ela estava com 2445. E ai eu me pergunto, meu leite não sustenta? O que eu to fazendo de errado? Sera que depois de lutar tanto para anamenta-la, vou ter que voltar para a formula?? Existe alguma coisa que eu possa fazer?? A pediatra pediu que eu voltasse na terça agora para pesar ela novamente (5 dias depois da ultima pesagem). Ela disse que tem que chegar a 2525, se não chegar ela vai ter que tomar a fórmula.
    Eu estou em pânico, não sei o que eu faço para que ela ganhe peso somente com meu leite, se eu voltar a dar fórmula ela ira abandonar o peito. Muito obrigada!! Adoro seu site!! Beijos

    • Olá querida Larissa. Para avaliar sua bebê é preciso avaliar a mamada, se está adequada, se o bebê está mamando corretamente, como está a produção. Isso só é possível avaliar pessoalmente. Tente ver os posts que escrevo sobre isso aqui no blog e procure um banco de leite humano. Se precisar complementar, use o copinho, não a mamadeira, pois senão haverá a confusão de bicos, que vc lutou tanto contra. Não desista! Se precisar de acompanhamento profissional, atendo em consultório particular em São Paulo, para marcar consulta você pode ligar para (11) 5088-6699. Continue acompanhando as novidades por aqui! Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o receber notificações, para receber aviso dos posts novos) e instagram (@pediatriadescomplicada) Um bjo, Dra Kelly

  • Amanda Cristina 12/05/2015 Reply

    Olá,minha dúvida e a seguinte meu bebê vai fazer 3meses e mama no peito e fórmula por indicação do pediatra dele ele sempre mamava depois do peito 60ml e 120 quando eu não mamava no peito de 2 semanas para cá ele ta mamando 30ml com o peito e 60 sem o peito to achando muito pouco e quando vai para o meu peito ele fica uns 10min e para isso e normal? To ficando doida já

    • Oi Amanda, não se prenda a valores, lembre-se que o bebê aprende a mamar, manando e fica mais eficiente com o tempo. Não dá para saber quanto ele exatamente mama no peito pois não quantificamos na realidade. O uso de complemente e avaliação de ganho de peso deve ser feito com o pediatra, de preferência que apóie a amamentação! Se precisar de acompanhamento profissional, atendo em consultório particular em São Paulo, para marcar consulta você pode ligar para (11) 5088-6699. Continue acompanhando as novidades por aqui! Para seguir o blog e receber as novidades por email, basta clicar no botão “seguir” no site. Siga também no Facebook (ative o receber notificações, para receber aviso dos posts novos) e instagram (@pediatriadescomplicada) Um bjo, Dra Kelly

  • Pingback: Amamentação: leite anterior e leite posterior existe? | pediatria descomplicada

  • Pingback: Mais amor, por favor – Humanização na saúde e método canguru | pediatria descomplicada

  • Pingback: Quando iniciar a introdução alimentar – recomendações | pediatria descomplicada

  • Valdenice 13/08/2015 Reply

    Oi Dra Kelly,
    Sou muito fã de suas publicações, me identifiquei muito com essa. Meu BB está com 4 meses, já voltei a trabalhar, um período de 6 horas por dia, obtei em congelar o leite e sair uma hora antes do trabalho, saio as 13 e retorno as 18. Estou na luta com a bombinha pois quero que ele só seja alimentado com leite materno até o sexto mês. Porém o comportamento dele mudou em relação as mamadas, ele praticamente não mama pela manhã, antes de sair para o trabalho ele até que mama, deixo 120 ml de leite para a tarde as vezes ele não toma tudo, mas quando c chego di trabalho ele mama muito, e a noite mama umas 4 vezes, isso é normal?

  • Monaliza 28/08/2015 Reply

    DRª Kelly adore suas informações, sou mãe de primeira viagem e não sabia o quanto amamentar é em alguns casos complicados e com dor. Eu tenho uma produção muito grande de leite principalmente em um seio que parece produzir mais do que o outro, mesmo assim meu bebê mama nos dois seios um por mamada. Ele só tem 25 dias e não dar conta de tanto leite, quando retiro com a bomba é pior. Gostaria de saber como é possível reduzir o volume de leite e como evitar que um seio “cresça” mais que o outro. Isso é um incômodo que baixa muito nossa auto estima.
    Abraços,

    Monaliza

  • Pingback: A PRODUÇÃO DE LEITE É POUCA? | Enciclopédia Materna

  • larissa 16/09/2015 Reply

    Oi Dra. Meu filho vai fazer 2 meses ele está mamando apenas 5 minutos
    O que ele mama e suficiente antes ele mamava em mas tempo

    • Larissa é preciso avaliar se está sendo eficaz ou não, mas isso somente com uma avaliação pessoal…procure um banco de leite da sua cidade, ou se morar em São Paulo, atendo em consultório! Um bjo Dra Kelly

  • Marcela 29/09/2015 Reply

    Ola doutora meu bebe esta com 3 meses e 26 dias e um menino e estou numa luta pra nao suplementa lo com leite artificial pois ele nao ganha tanto peso como os outros bebes da mesma idade. Se puder me orientar serei grata. Obrigado!

  • Andréa Rios 02/10/2015 Reply

    oi doutora bom dia, bom tenho uma menina tem 4 meses e 1 semana, hontem fui ao pediatra, consulta mensal ,e vimos que ela não ganhou peso este mês e ela esta exclusivamente no peito, ai a medica me indicou complemento, fiquei meio frustrada pois a minha outra menina eu consegui amamentar ate os seis meses exclusivamente, bom, sera que se eu insistir em por ela mais vezes no peito ela não volta a ganhar peso? sera que devo insistir so no peito ou ja devo introduzir o complemento?eu tenho bastante leite, e possivel que o meu leite tenha enfraquecido?desde ja obrigada.Andréa Rios

    • Oi querida precisa ver porque ela não está mamando, se está engolindo leite efetivamente veja o post: sobre como saber se o bebê está mamando bem. Um bjo Dra Kelly

  • Pingback: Carta às mães que não conseguiram amamentar…ou ainda lutam | pediatria descomplicada

  • jacquereiss 12/10/2015 Reply

    olá dra kelly,

    Minha bebê tem 6 meses e vem sendo amamentaao em livre demanda.. Agora introduzimos as papinhas de frutas e de legumes.. q ela vem rejeitando por enquanto.

    Minha dúvida é, ela sempre teve um ganho de peso no limite do esperado. E atualmente vem ganhando cerca de 200g por consulta… Sei q tenho uma boa produção de leite.. a pega está correta e etc.. Então.. como fazer minha bebê mamar mais e engordar mais? Uma vez q ela mama até largar espontaneamente o seio.. E está bem nos outros aspectos (xixi, cocô, desenvolvimento cognitivo.. )

    Ou devo respeitar o jeito dela de ser (genética) e se alimentar?

    Desde já… MUUUUUITO obrigada!

    • É importante respeitar o ritmo da sua bebê. Se ela sempre foi magra porque querer um bebê “gordinho”? Cada bebê é de um jeito e o mais imigrante é avaliar seu crescimento e desenvolvimento como um todo. Um bjo Dra Kelly

  • Tatiana 13/10/2015 Reply

    Bom dia, Dr.Kelle… O meu bebé tá sempre a bolsar, chega altura da próxima mamada e ele tá a deitar leite fora da anterior ainda…
    O que pode ser? Ele fez um mês no dia 7 de Outubro.. Mas ele já foi há médica e tá a ganhar peso ele já tá com 5,100kg..o que será??

  • Renata 10/11/2015 Reply

    Olá, Dra. Kelly, tudo bem? Sei que tempo de mamada não é um bom parâmetro, mas estou bastante inquieta com relação a isso. As mamadas do meu bebê sempre foram longas (30 a 40 min no mínimo). Sempre li que perto dos três meses a criança fica mais eficiente e mama mais rápido. Só que aconteceu o contrário. Meu bebê está com 3 meses e 10 dias e as mamadas estão durando ainda mais tempo (50 minutos a 1 hora!). E às vezes ele demanda com menos de duas horas de intervalo. Ou seja: ele não sai do peito! Ainda há chance de esse tempo de mamada diminuir? Amo amamentar, mas me sinto tão presa! Abs!

    • Oi Renata! Esse comportamento do bebê pode ser devido ao surto de crescimento da fase e também ode ter ocorrido uma queda na produção do leite. Aos 3 meses o bebê regula exatamente quanto o bebê mama, se a demanda aumenta um pouco ele pode querem mais o peito. Continue oferecendo livre demanda. Um bjo Dra Kelly

  • Elaine 18/11/2015 Reply

    Ola doutora eu amamento minha filha,meus seiis ficaum murchinhos o dia todo,eu n sinto chegar o leite.so chega quando ela ta mamando e normal?obg

  • Sidinaria Ribeiro santos da silva 26/11/2015 Reply

    MUITO BOM MIM AJUDOU.COM MINHA BEBE DE SEIS MESES..

  • Gabriela 29/11/2015 Reply

    Olá Era Kelly. Estou com uma dúvida. Meu bebê estará completando 4 meses amanhã. Ele nasceu com 3,290kg e 49cm, saiu da maternidade com 3,060kg. No primeiro mês engordou bem (chegou nos 4,100kg). Só que o pediatra dele me receitou um anticoncepcional, sendo que nunca na vida eu tomei anticoncepcional. Meu leite quase secou, e tive problemas em amamentar. Comecei a complementar por conta propria e parei de ir nesse pediatra. Só que percebi que qualquer complemente que eu dava pra ele, não fazia bem..prendia intestino, dava muitos gases, etc…tentei até o Nan Soy..enfim..nesse tempo todo continuei dando peito e comprei bomba elétrica, fiz acupuntura e tentei de tudo pro leite voltar. E eu sei q estou com bastante leite. As vezes os peitos até ficam duros e molham minha roupa. Só que não sei o que acontece, pq meu bebê não mama muito tempo. Parece que ele mama de pouco em pouco. Ele fica quase tarde toda no peito. Tipo, ele mama 5,10 min para..dae uns 20min meia hora depois mama mais um tempinho e para. Parece até q não tem estomago. Ele nunca rejeitou meu peito, nem quando eu dava complemento. Só que nos últimos dois meses ele tem ganhado muito pouco peso. Neste mês que passou ele ganhou apenas 300g. E outra, de noite ele dorme bem, mas de dia quase não dorme. Ele fica bem alerta. Mas também não chora, pelo contrário. É um bebê sorridente, brincalhão. Não sei de está passando fome. Está pesando 6,100kg e medindo 68cm. Não gostaria de voltar a dar complemento, pq aquilo é horrível..eu tomei pra ver como é…é pura gordura..negócio muito ruim…mas se não tiver outra alternativa, darei contra minha vontade, mas não quero pensar que ele está passando fome de novo.. 🙁

    • Querida vc precisa procurar um pediatra especialista em amamentação ou alguém que possa te ajudar nesse sentido, para saber o que está acontecendo. Continue dando o peito o máximo que conseguir. Um abraço Dra Kelly

  • Carolina S. Lima 01/12/2015 Reply

    Boa tarde Dra,

    Minha bebê está com 2 meses e está usando fórmula pq não conseguiu pegar o peito. Mas eu tiro umas duas mamadeiras de leite materno ao dia e intercalo.
    Tive a orientação de dar água nos intervalos e 1x/ dia suco de laranja.
    Ela está ganhando peso normalmente.
    Qual sua orientação?

    • Não há indicação de dar nada além de leite materno nessa idade. O ideal seria oferecer mais leite materno se conseguir e fórmula para complementar se necessário.

  • Ana Beatriz 04/12/2015 Reply

    Tenho uma filha de 25 dias nasceu com 3,720. Ao nascer ela não pegou o peito. Passou quase 2 dias sem se alimentar, no segundo dia mamou depois de muito esforço pós não tinha bico no meu peito. Desde então só perde peso hoje está com 3,250 . Ainda cheguei a sair com ela da maternidade com 3,500 . Sinto que não tenho leite o suficiente ela passa muitas horas sugando e sempre quer mas parece que nunca tá cheia . Não dorme a noite inteira e é toda hora no peito se tira chorar muito
    Hoje resolve dar o leite nan como complemento p ela. Vou começar com 70 ml . De três em três horas.

  • Mamaetaty 25/01/2016 Reply

    Dra. Minha filha tem 10 dias e está mamando na mamadeira, dou 60 ml a cada mamada, que ocorre num intervalo de mais ou menos 3 horas. Mas parece que o leite não está sendo suficiente, posso aumentar ou já estou dando uma quantidade acima do recomendado??
    Obrigada!

    • Oi querida, vc deve ver a quantidade com o pediatra que a acompanha, e depende de muitos fatores, se está complementando o peito ou só mamadeira. Um bjo Dra Kelly

  • Patricia 30/01/2016 Reply

    Meu bebe tem 7 dias, quero muito amamentar, como meu leite nao desceu minha GO passou plasil. No 4 dia desceu , amamentei o dia todo, no 5 dia empedrou tudo incluindo muitad inguas nas axilas e no 6 dia nao tinha mais leite. O pediatra passou complemento, faço o estímulo varias vezes e nada. Qd aperto o bico sai uma pequena gota. sera q compensa continuar estimulando ou esperar secar de vez, porque ja estou frustada de nao amamentar.

    • Vc deve continuar amamentando em livre demanda, para não inibir a produção. O ingurgitamento mamário faz com a produção de leite diminua. Use massagem e ordenhe leite.

  • Thais 11/02/2016 Reply

    Minha bebê faz três meses esse mês ela nunca mamou no peito pois eu não fiz bico daí comecei a da o NAM pra só q agora ela não mama muito ela sempre foi gulosa mamava os 150 ml e ainda queria mais só que agora no final do segundo mês dela ela não mama nem 70 ml direito oq será será que ela enjou o leite NAM?

  • Pingback: Mãe, você sabia que é normal o bebê mamar o tempo todo? – Mãe Você Sabia

  • Fátima Regina 05/03/2016 Reply

    Obrigado muito me orientou, estou bem mais tranquila.

  • Simone 20/04/2016 Reply

    Minha bebê tem dois meses e desde o início mama super bem durante o dia, porém a noite ela não mama muito, tenho que acorda-la para mamar, da um trabalho danado fazer ela pegar a noite, pois vira a carinha, trava a boca, tudo isso dormindo e quando consigo que pegue é super rápido e adormece, meus seios ficam super doloridos e vazando a noite por conta disso. Dormimos em cama compartilhada e amamento em livre demanda, ela tem a pega correta e nunca machucou meus seios, além de estar ganhando peso. Meu medo é meus seios terem mastite por conta do igurgitamento a noite. Desde já agradeço.

  • Emeline Zuanazzi 22/04/2016 Reply

    Muito boas as dicas, estou adorando! Muito obrigado!

  • Érika 01/07/2016 Reply

    Dr amamentei minha filha durante quatro dias e o bico do meu seio sangrou então parei e dei complemento ! Hoje ela está com um mês e não pega mais o peito, quero amamentar já que ainda possuo pouco leite o que fazer?

    • Oi Erika eh possível!!! Vc precisa procurar uma especialista em amamentacao; procure oferecer o peito num momento que ele está tranquilo e bem. Não desista!

  • liliane 12/04/2017 Reply

    DR meu bebe esta com 11 meses e mama umas 8 vezes a noite o que faço pra ele dormir me ajude durante o dia ele mama umas 5 vezes e come frutas e papinha mas a noite e uma mamada bem rapida ele acorda chora mama e dorme ja experimentei deixar ele chorando tentando faze-lo dormir mas ele nao parou acabei dando o peito.

Deixe uma resposta