urso

Segurança da criança – checagem da casa segura

crianca segura

Você sabia que os acidentes, ou lesões não-intencionais, representam a principal causa de morte de crianças de 1 a 14 anos no Brasil? No total, cerca de 4,7 mil crianças morrem e 125 mil são hospitalizadas anualmente, segundo dados do Ministério da Saúde. A boa notícia é que cerca de 90% desses acidentes podem ser evitados com medidas de prevenção!

Por isso, se seu pequeno começou a andar ou já engatinha e de repente quer explorar o mundo, fique de olho nas dicas!  Não precisa fazer da sua casa uma fortaleza, nem colocar o seu filho numa bolha, basta seguir algumas recomendações simples para evitar muitos acidentes! Afinal, passamos tanto tempo escolhendo a cor do papel de parede do quarto do nosso filho (a) e erramos em não pensar em protegê-lo de acidentes…Não mais!

Vamos começar falando de prevenção de acidentes DENTRO DE CASA, que é o principal ambiente que a criança fica.  É importante ressaltar que crianças crescem rápido e adquirem habilidades novas a cada dia, por isso é essencial usar esta lista de checagem para verificar as condições de segurança da casa a cada seis meses.

 

# Lista de checagem da casa segura # 

  •  Todas as escadas são acarpetadas e protegidas por portões nas duas extremidades?
  • Todas as peças da casa estão livres de objetos com partes pequenas (menores de 2 cm de diâmetro), brinquedos, balões, sacos plásticos, que podem constituir risco de sufocação?
  • A família tem um plano definido de fuga em caso de incêndio? Está treinada para uma situação de emergência?
  • O andador foi banido da casa?
  • Todos os produtos tóxicos (medicamentos, produtos de limpeza, tintas, detergentes) são guardados nos recipientes originais, em armários preferentemente altos e trancados?
  • Os números dos telefones do SAMU (192) e do Centro de controle de intoxicações (0800-721-3000) estão afixados em todos os telefones da casa e na porta da geladeira?
  • Se o bebê tem um cercado, a malha é bem apertada, com buracos menores de 2 cm?
  • Os sacos plásticos não estão acessíveis às crianças?
  • Nenhuma janela apresenta vidros quebrados ou rachados?
  • As janelas basculantes que abrem para fora deixam espaço suficiente para a passagem do corpo de uma criança?
  • As janelas dispõem de grades ou redes de proteção?
  • Os pisos apresentam áreas defeituosas, como tacos quebrados, soltos ou empenados?
  • O piso é escorregadio?
  • Há tapetes enrugados ou com bordas reviradas?
  • Há fios elétricos com revestimento descascado ou rachado?
  • A chave elétrica geral está em local de fácil acesso? É fácil de desligar?
  • As tomadas elétricas dispõem de alguma forma de proteção?
  • Os fios dos aparelhos eletroeletrônicos possuem dimensões apenas suficientes para alcançar as tomadas e são de difícil acesso?
  • Não há nenhuma tomada com dois ou mais aparelhos conectados?
  • Não há nenhum móvel (mesa, cadeira, sofá, banco) encostado embaixo de uma janela?
  • As escadas possuem iluminação suficiente?
  • As escadas têm corrimão?
  • Não há na casa nenhum tipo de arma de fogo?
  • Existe um extintor de incêndio sempre pronto para uso e em local acessível?

 

Muito bem mamães, vamos promover um ambiente seguro para nossos filhos viverem, sem medo!  Se você gostou desse post, divulgue! Não há preço que pague a vida de nossos filhos.

 

______________________________________________________________________________

2014 © – drakellypediatra por Kelly Oliveira / todos os direitos reservados.

Referências bibliográficas:

  1. Childproofing Checklist. American Academy of Pediatrics
  2. http://criancasegura.org.br
  3. http://www.conversandocomopediatra.com.br